Leite vegetal admite uma série de preparações distintas

Inicio » Agronegócio » Leite vegetal admite uma série de preparações distintas
02/12/2020 Por
Leite vegetal admite uma série de preparações distintas

Leite vegetal é uma alternativa aos intolerantes à lactose e glúten. Sem dúvida, nos últimos anos, o consumo de leite vegetal vem aumentando no Brasil e no mundo, fazendo do mercado de bebidas vegetais um dos que mais apresentam crescimento anual. Certamente, a pandemia do coronavírus irá prejudicar essa curva de crescimento notória nos últimos anos, mas tal consumo não se trata de um modismo passageiro.

O consumo de bebidas como leite vegetal se mostra como um reflexo da maior conscientização do público, em todas as camadas socioeconômicas, da importância de se investir em alimentação rica em nutrientes e sem exageros de açúcares e gordura para garantir uma boa qualidade de vida.

Leite vegetal

O que é leite vegetal?

Leite vegetal é um extrato derivado de uma fruta, de uma raiz, de um cereal, ou seja, de uma espécie vegetal, geralmente enriquecido com nutrientes encontrados no leite comum, como cálcio.

Por não ser de origem animal, não ser extraído de glândulas mamárias de vacas ou de outros animais que expelem leite, é considerado um alimento vegano, por isso também chamado de “leite vegano”.

Com essa informação, fica claro que é uma opção, uma solução encontrada para as pessoas que não concordam em consumir produtos e alimentos que explorem animais, ou seja, o caso de vegetarianos e veganos.

Mas não atende somente esse público. Pessoas que sofrem de intolerância à lactose e ao glúten também se beneficiam desse tipo de leite, pois não contém essas substâncias.

No entanto, essas não são as únicas vantagens do consumo de leite vegetal.

Benefícios do leite vegetal

Como se trata de um alimento de origem vegetal, apresenta menos gordura do que as versões extraídas de animais. Isso, sem dúvida, o torna menos calórico, sendo um importante aliado para perda de peso.

Outra vantagem é que, no processo de obter o extrato dos vegetais para produzir o leite, não tira completamente as qualidades nutricionais dos alimentos quando na forma in natura. O leite vegetal mantém uma fração dos nutrientes que são absorvidos pelo organismo, proporcionado uma alimentação saudável.

Os benefícios gerados por esses nutrientes dependem do tipo de leite vegetal, da leguminosa utilizada como matéria-prima. Tal detalhe torna oportuno aprofundar o conhecimento sobre os tipos de leite vegetal mais consumidos.

Tipos de leite vegetal

Assim como existem mais de um tipo de leite de origem animal (vaca, cabra, entre outros), também há uma boa variedade de leite vegetal, cada um com características, vantagens e desvantagens próprias.

Se, no de origem animal, a vaca se destaca, lidera com folga o mercado, no de origem vegetal é a soja que encabeça o ranking.

Leite vegetal

Leite de soja

Leite de soja é a variante de leite vegetal mais consumida, ocupando 90% do mercado de bebidas vegetais.

Além das vantagens já mencionadas sobre o leite vegetal em geral, é uma bebida rica em vitamina A, potássio e isoflavonas.

Apresenta tantas proteínas quanto o leite de vaca, no entanto, a sua desvantagem é em relação ao preço, geralmente o mais elevado entre as opções disponíveis de leite vegetal.

Também não é recomendado para pessoas que sofrem com problemas na tireoide.

Leite de aveia

Um tipo de leite vegetal bem conhecido é o leite de aveia. Ele se mostra como uma opção mais econômica em relação à versão de soja.

Contudo, o benefício que proporciona vai além. É um alimento rico em fibras e antioxidantes.

As fibras ajudam na digestão e aliviam prisão de ventre – isto porque as fibras têm alta capacidade de absorção de enzimas nocivas ao trato digestivo.

Como não se desintegram durante a passagem no organismo, elas são expelidas carregando muito dessas enzimas, beneficiando a digestão e aliviando problemas relacionados com o sistema digestivo.

As fibras tornam o leite vegetal interessante para os que precisam perder peso, pois ao terem contato com o suco gástrico do estômago, acabam gerando uma espécie de gel que causa a sensação de estômago cheio.

Essa sensação também é conhecida como saciedade, o que permite passar mais tempo se sentindo bem nutrido sem precisar ingerir outros alimentos.

As fibras ainda trazem como benefício o auxílio no controle de diabetes, pois têm calorias de absorção lenta, o que impede picos muito altos de glicerina no sangue.

As propriedades antioxidantes existentes na aveia combatem os chamados radicais livres, células problemáticas que interferem no bom funcionamento de outras células e podem provocar danos resultando em envelhecimento precoce da pele e até distúrbios como câncer.

Leite de arroz

É também econômico de se fazer e uma bebida totalmente hipoalergênica, isto é, não tem substâncias que provocam reações alérgicas, sendo indicado até para quem tem alergia à soja.

Leite de arroz é uma das opções menos gordurosas, por isso, de ótima digestibilidade. Como tem sabor neutro, pode ser usado como complemente de várias receitas, sucos e vitaminas.

Leite vegetal

Como fazer leite vegetal?

Vamos passar uma receita de leite de aveia, porque é uma das opções mais rápidas de se fazer.

É necessário apenas meia (1/2) xícara de aveia em flocos e duas (02) xícaras de água filtrada.

Coloque esses ingredientes no liquidificador. Primeiro a aveia, depois a água. Bata em velocidade alta até que a mistura adquira uma cor esbranquiçada. Os pedaços de aveia devem ficar bem pequenos. O tempo médio é de 5 minutos.

Com um pano limpo ou um voal, coe o líquido. Tente, nessa fase, retirar o máximo possível de água.

Bebidas vegetais no Brasil

Em 2018, o crescimento de bebidas vegetais teve crescimento de mais de 50%, movimentando um total de 545 milhões de reais. Apenas as bebidas derivadas da soja moveram 490 milhões de reais, representando 90% do mercado.

Sem dúvida, o leite vegetal vem colaborando significativamente nesse crescimento, não só por ser uma alternativa a veganos, vegetarianos, celíacos e intolerantes à lactose, mas, como vimos acima, por proporcionar muitos benefícios nutricionais.

Esses produtos vêm conquistando proeminência em diversos segmentos, com destaque para o público fitness que busca pelo melhor condicionamento físico possível, bem como pessoas necessitando emagrecer para melhorar a qualidade de vida.

Além dos tipos de leite vegetal listados, se destacam também na preferência do consumidor brasileiro o leite de coco, de amêndoas, de castanha-do-pará e de macadâmia.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo