Cresce o uso da acácia na produção de celulose e para fins medicinais

Inicio » Agricultura » Cresce o uso da acácia na produção de celulose e para fins medicinais
03/02/2019 Por
Cresce o uso da acácia na produção de celulose e para fins medicinais

A utilização da acácia tem crescido dentro do âmbito social e industrial. As espécies da árvore passaram a ser mais procuradas e importantes para o reflorestamento, produção de celulose, matéria-prima, combustíveis, redução de erosão e sombreamento.

Em pouco tempo a acácia chamou a atenção de produtores e passou a ser usada em meios medicinais. Além disso, suas propriedades são importantes tanto para o solo, nitrificação do ar e meio ambiente, quanto para o combate a algumas doenças.

  1. O que é acácia?
  2. Acácia na produção de celulose
  3. Quais são os tipos de acácia?
  4. Imperial
  5. Jurema
  6. Amarela
  7. Negra
  8. Egípcia
  9. Significado de acácia na Bíblia
  10. O que é madeira de cetim?
  11. Quanto custa a acácia?
  12. Qual o clima ideal para o cultivo de acácia?
  13. Produção de mudas de acácia
  14. Acácia na economia

Plantação da árvore de acácia

O que é acácia?

Acácia é o nome dado para um conjunto de leguminosas (pertencente à mesma família da soja, da ervilha, do feijão, do amendoim) dividido em cinco gêneros, sendo Senegalia e Vachella os únicos encontrados no Brasil. Sua origem se deu na Ásia e tem como uma das principais características seu forte aroma.

Nas áreas úmidas, como a Mata Atlântica e a Amazônica, as espécies de Senegalia manifestam-se como trepadeiras lenhosas. Já no Cerrado e Caatinga, áreas mais secas, apresentam-se como árvores e arbustos. No entanto, a acácia tem grande facilidade de germinação e é extremamente delicada, portanto, deve-se evitar o seu transporte .

Além disso, a plantação da árvore acácia requer pouca água, sol na medida correta e terra cheia de matéria orgânica. Húmus de mandioca e composto vegetal é a mistura mais indicada para o plantio de acácias, utilizadas no reflorestamento, paisagismo e recuperação de áreas danificadas, por exemplo.

Mesmo sendo considerada tóxica, o uso de algumas partes da acácia como planta medicinal traz benefícios, entre eles:

  • Rápida cicatrização
  • Ajuda em condições de fraqueza ou raquitismo
  • Ajuda no tratamento de resfriados e gripes
  • Alívio de dores
  • Aumento de apetite
  • Ajuda no combate a doenças respiratórias como faringite, asma, tuberculose e bronquite
  • Ajuda na regularização do organismo em casos de diarreia
  • Ação estimulante, cicatrizante, antibiótica e anti microbiana

Por outro lado, o uso excessivo da planta pode causar alguns efeitos colaterais como alucinações. Dessa forma, o ideal é que ela seja ingerida em pequenas quantidades. Crianças menores de 12 anos, lactantes, idosos e grávidas não podem usá-la para fins medicinais.

Acácia na produção de celulose

A acácia tem sido uma opção utilizada no processo de reflorestamento, no lugar do eucalipto. A produção de muda de Acácia mangium aumenta a qualidade do solo nas propriedades e tem se mostrado mais sustentável, melhorando a fertilidade da terra. A madeira acácia é usada na produção de celulose e carvão, podendo ser usada também na fabricação de móveis e na construção civil.

Vantagens da produção de celulose:

  • a polpa é opaca, macia e boa para a formação do papel, devido a sua alta qualidade
  • resulta em quantidades rentáveis de celulose
  • fixa bem o nitrogênio, causando benefícios ao meio ambiente
  • produtividade sustentável devido a maior produção de folhagem nos sítios
  • reduz os gastos com o manejo de ervas daninhas, uma vez que dificulta o aparecimento e instalação indesejada delas
  • maior possibilidade de propagação vegetativa

Desvantagens da produção de celulose de acácia:

  • Incapacidade de renascer
  • Maior dificuldade de descascamento

Desta forma, é notável que o uso da acácia na produção de celulose, nitrificação, recuperação de solos degradados e utilização industrial tem se expandido no Brasil em decorrência da sua qualidade. Portanto, as produções originárias da acácia são rentáveis e benéficas para a economia do setor.

Acácia como planta medicinal

Quais são os tipos de acácia?

Além de ser uma das leguminosas mais úteis para o ser humano, a acácia ainda pode ser encontrada em vários tipos.

Portanto, é comum que muitos indivíduos possuam em suas mentes a imagem congelada tradicional da acácia com as folhas amarelas. Por conta disso, quando se deparam com outra espécie, podem acabar não a reconhecendo.

A boa notícia é que, independente do tipo, a acácia oferece diversos benefícios e pode ser utilizada para uma grande quantidade de coisas. Desde que, é lógico, você tome cuidado para consumi-la.

Sabe-se que a muda de acácia pode oferecer também vantagens para o solo, o que colabora para que ela seja ainda mais procurada por muitos apreciadores.

  • Imperial

A Acácia Imperial é um dos tipos mais conhecidos de acácia. Também conhecida como Cássica Imperal, Chuva de Ouro ou Cássica Fistula, é confundinda erroneamente com a Peltophorum dubium, conhecida também como Canafístula.

De qualquer maneira, ela é uma das acácias de maior popularidade e sua origem é o Sudeste da Ásia. Assim que chegou ao Brasil, de maneira desconhecida até então, essa acácia se popularizou rapidamente, principalmente pela beleza que oferece aos jardins de grandes e pequenas residências.

Ademais, essa árvore também possui um crescimento extremamente acelerado. Tudo isso faz com que ela seja capaz de atingir até 5 metros de altura e 4 metros de diâmetro em sua copa, cuja qual é arredondada.

Além disso, o crescimento acelerado é, de fato, uma das maiores e melhores características da acácia. Afinal, como a sua madeira é extremamente procurada para consumo devido à alta qualidade e utilização em móveis de alto padrão, inclusive móveis coloniais, o fato de se estabelecer rapidamente na natureza ajuda com que esteja fora do risco de extinção.

Porém, ela possui uma época certa para florescer, sendo entre dezembro e abril. O nome Imperial é por conta de suas flores amarelas, fazendo com que ela se destaque em meio a tantas outras árvores, muitas vezes, da mesma espécie.

Uma das maiores características presentes nessa acácia é o formato de suas folhas. As mesmas são conhecidas por serem pequenas e caducas. Em relação à sua frutificação, ocorre nos meses de setembro a novembro e sempre se apresenta como um tipo diferente de vagem.

Resistente ao frio, essa árvore agrega uma aparência surreal em todo e qualquer local em que é plantada. O seu plantio, inclusive, é melhor de ser realizado em climas tropicais e subtropicais, que é a época onde há mais sucesso de seu crescimento.

  • Jurema

Com propriedades psicoativas, a Acácia Jurema também tem sido utilizada como produção de celulose e uma forma de reflorestar muitos locais. Diferente da Acácia Imperial, esse tipo de árvore acácia apresenta maior discrição e uma coloração verde comum.

Dessa maneira, é difícil para muitas pessoas identificá-la no primeiro contato já que, mesmo possuindo determinadas categorias, é comum que leigos a reconheçam.

Um dos motivos da Jurema ter entrado para a história é por conta dos chás que eram preparados pelos pajés, índios e caboclos.

Considerado um ritual de bruxaria já que proporcionava visões, o que realmente acontecia é que a Acácia Jurema tinha – e tem – em sua composição um alcaloide conhecido por nigerina.

Descoberto no ano de 1949, esse alcaloide é uma potente substância alucinógena. Logo, isso fazia com que os adeptos daquela época pudessem ter alucinações extremamente fortes, bem como enxergar coisas que não estavam, de fato, ocorrendo.

Em relação à Acácia Jurema, inclusive, essa mesma composição já foi encontrada em alguns chás Ayahuasca.

Essa árvore, inclusive conhecida também pelo nome de Jurema Preta, tem uma vantagem muito semelhante à Acácia Imperial: crescimento acelerado. Além disso, a sua madeira não é tão utilizada para móveis, assim como o seu plantio não ocorre com tanta frequência em residências, por exemplo, mas sim em campos maiores.

  • Amarela

Muito confundida com a Acácia Imperial, a Acácia Amarela ganha, de fato, esse nome por conta de suas flores. Entretanto, ela não é parecida com a Imperial. Na verdade, as flores da Acácia Amarela se caracterizam por ser uma espécie de tufo amarelo de flores.

A partir dessa curiosidade e característica muito diferenciada, desde sua descoberta, é tida como uma das mais belas plantas ornamentais. A formação de suas vagens, inclusive, ocorre frequentemente entre os meses de julho e dezembro.

Menor do que algumas acácias, a Acácia Amarela atinge até 2 metros de altura. Logo, é considerada uma árvore de pequeno porte. Além disso, aproximar-se dela exige cuidado, já que possui espinhos para sua própria proteção. Até então, não se tem conhecimento se esses espinhos são venenosos ou não.

Em relação à saída de suas famosas flores amarelas, esse acontecimento é possível observar entre os meses de junho a agosto. De qualquer maneira, mediante essa característica, é muito utilizada em residências como uma espécie de cerca viva.

Considerada um dos símbolos mais importantes dentro de grupos de estudos da Maçonaria, a Acácia Amarela, conhecia como Vachellia farnesiana, não passa por grande procura para extração de madeira acácia, já que é mais considerada uma árvore de casa do que de construções.

  • Negra

A Acácia Negra, diferente do que muitos pensam, possui flores amarelas e vibrantes. Conhecida pela sua espécie que é Acacia decurrens, essa árvore atinge um tamanho maior do que a Acácia Imperial, chegando a medir até pouco mais de 6 metros de altura.

Ademais, seus frutos são caracterizados por se apresentarem de maneira torcida e diferente das outras árvores do mesmo gênero. O nome, contudo, não se dá pela cor de suas flores, mas sim pela coloração de suas sementes.

Isso porque, já que as vagens das acácias portam dentro delas as suas sementes, a Acácia Negra possui sementes que são, de fato, negras.

Entre suas maiores características é possível citar a copa de suas folhas: pequenas, lineares e discretas de certa forma. Ademais, os cachos amarelos e diferentes que resultam de seus tempos de florescer também chamam atenção.

Por ser muito grande, é difícil encontrá-la em uma residência, a não ser que possua espaço o suficiente para acolher uma árvore que possui 4 m de diâmetro em seu tronco.

Dessa maneira, torna-se uma árvore altamente comum em parques de centros urbanos, onde promove sombra e refresco para os dias de calor. Ainda que não seja altamente procurada pela empresa madeireira, seu tronco possui outro diferencial.

Em suma, a sua casca possui o tanino, substância muito utilizada para a industrialização do couro. Esse produto é o principal componente na criação dos couros vegetais. Assim, é possível reduzir a matança animal desenfreada para a criação de sapatos, carteiras, bolsas, jaquetas, casacos, entre outros.

  • Egípcia

Um dos tipos mais diferentes de acácia, principalmente de madeira acácia, é a Acácia Egípcia. Com uma enorme dificuldade de ser encontrada, mal se sabe qual aparência ela possui. Os poucos registros da Acácia Egípcia mostram uma versão seca e sem folhas da acácia.

De qualquer maneira, essa acácia era muito utilizada nas construções do Egito, fazendo com que determinados objetos possuíssem uma qualidade indiscutível. Além disso, essa acácia possui frutos venenosos que podem matar quando consumidos em uma certa quantidade.


Significado de acácia na Bíblia

A acácia é muito conhecida por uma referência da Bíblia que diz ter sido a sua madeira escolhida para a construção da Arca da Aliança; local em que objetos como as tábuas dos Dez Mandamentos teriam sido guardados. Assim, também serviria como um meio de comunicação entre Deus e o povo.

O que é madeira de cetim?

Um dos motivos pelos quais certas espécies de acácias são tão procuradas é pela qualidade de sua madeira, também conhecida como madeira de cetim. Dito que foi a madeira utilizada na Arca da Aliança, desde então passou a ser utilizada na construção de uma série de objetos.

De certa forma, isso fez com que se descobrisse a imensa qualidade que a acácia tem, principalmente quando utilizada em uma série de objetos de uso frequente das pessoas, como:

  • Camas;
  • Armários;
  • Malas;
  • Cadeiras;
  • Mesas.

Uma das maiores vantagens da madeira dessa árvore, na visão da indústria madeireira, é que ela porta uma série de benefícios. Entre eles, obviamente, está a facilidade em trabalhar com ela, já que é extremamente flexível, possui uma beleza natural e ainda é rica em resinas também de forma natural.

Dessa maneira, apresenta-se como um dos tipos mais resistentes de madeira, se mostrando durável independente de quantos anos passem. Isso, obviamente, desde que seja devidamente cuidada. Além disso, essa madeira é muito versátil na visão de quem trabalha com ela.

O motivo é que, se o consumidor deseja uma cor específica de madeira, há grandes probabilidades de conseguir na acácia. Entre as cores disponibilizadas por ela, é possível citar o marrom, o caramelo, o marrom caramelado e uma cor que se aproxima do Mogno.

Além disso, por si só, a madeira de acácia oferece um ar requintado e clássico no ambiente, tornando-se a opção perfeita para quem deseja agregar um novo visual, uma nova impressão e repaginar a decoração.

Quanto custa a acácia?

Após saber de tantos benefícios e curiosidades sobre a acácia, é difícil encontrar alguém que não queira plantá-la em algum local. Para isso, pode-se encontrar a muda de acácia, as suas sementes ou outra forma que o consumidor desejar.

Em suma, é preciso que ela seja manuseada de forma correta, lembrando-se sempre de evitar ficar transportando-a de um lugar para o outro, já que se trata de uma árvore que no início pode apresentar grande sensibilidade durante a sua formação.

A sua semente, inclusive, pode ser encontrada por um valor aproximado de R$ 10 a R$ 20, dependendo da espécie.

Qual o clima ideal para o cultivo da acácia?

Sabendo que ela é encontrada em regiões áridas e semiáridas e por isso possui uma boa resistência ao calor, a acácia é comum em diversas regiões sub úmidas. Além disso, uma das temperaturas ideais para plantá-la, principalmente no caso da Acácia Negra, é em zonas onde a temperatura varia de 25 ºC a 28 ºC.

Em relação à temperatura média mais fria do mês, a temperatura mais adequada é de 0 ºC a 5 ºC. Infelizmente, em ambientes onde a temperatura do ambiente excede os 40 ºC, é muito difícil ver uma acácia sobrevivendo e florescendo.

Logicamente, essa é uma temperatura muito acima do indicado e justamente por isso se torna difícil para a grande maioria das árvores plantadas, plantas de pequeno porte, flores, entre outros. Além disso, é importante ressaltar que as regiões com uma quantidade muito grande de geadas podem paralisar um pouco o seu crescimento.

Produção de mudas da acácia

As mudas de acácia geralmente passam por um processo inteligente e muito eficaz em relação à produção. Diferente do que muitas pessoas pensam, a muda não se caracteriza por pegar a raiz da planta e disponibilizá-la para venda.

Em geral, a muda da acácia se caracteriza por apresentar um tegumento impermeável. Dessa maneira, é preciso quebrar essa espécie de dormência que ela possui e somente depois realizar a sua semeadura.

Para isso, um método que precisa ser feito, apesar de muito diferente e que faz muitos indivíduos pensarem que poderá machucá-la, é colocar as mudas em água fervente por um período de 4 a 10 minutos.

Em geral, muitos viveiristas que comercializam as mudas de acácia, principalmente a Acácia Negra, têm o hábito altamente experiente de produzi-las a partir de um torrão ou laminado. Porém, é possível encontrar empresas e demais lojas de jardinagem que realizam a produção das mudas de acácia em tubetes.


Acácia na economia

Uma das maiores vantagens da acácia e também maior curiosidade da árvore é que ela parece ser uma fonte grande para gerar empregos. Afinal, quando é necessária plantá-la de maneira técnica, em nível de propriedades rurais, é possível notar o seguinte processo:

  • Preparo do solo;
  • Plantio;
  • Trato cultural;
  • Descascamento;
  • Derrubada;
  • Corte;
  • Comercialização.

Todo esse processo pode parecer rápido, mas é extremamente cansativo e pode demorar um determinado tempo para acontecer. Isso porque é preciso que haja um cronograma minuciosamente planejado para fazer com que a produção de acácias gire da forma como deve ser.

Dessa maneira, para realizar todas essas funções, é preciso contar com mão de obra qualificada. Logo, estima-se que mais de 10 mil empregos diretos sejam gerados para que funcionários com a devida experiência nesse segmento possam trabalhar com a acácia.

Tags:

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo