Bracatinga é árvore mais antiga do Brasil e popular pela versatilidade

Inicio » Meio Ambiente » Bracatinga é árvore mais antiga do Brasil e popular pela versatilidade
04/02/2019 Por
Bracatinga é árvore mais antiga do Brasil e popular pela versatilidade

Bracatinga é cultivada no Brasil desde o século XX, o que a colocou como uma das árvores mais importantes do país

A bracatinga é uma ótima árvore, visto que ela é capaz de recuperar áreas degradadas. Além disso, tem ótima capacidade de se desenvolver num curto espaço de tempo.

No campo, a bracatinga precisa de bastante espaço na raiz para ter um desenvolvimento sem danos. Porém, não é o que acontece geralmente. Na maioria dos plantios, a árvore é posta perto de outras, o que prejudica tanto o seu crescimento quanto a qualidade do tronco.

Árvore Bracatinga alta e de forte espessura

O que é bracatinga?

A bracatinga, – ou Mimosa Scrabella, nome científico do plantio – é uma árvore natural do sul do Brasil. Considerada umas das primeiras árvores do país, é cultivada desde o século XX. Por não ser exigente nos cuidados para se desenvolver, a bracatinga acaba se tornando favorita entre os agricultores. Isso porque também tem características de suma importância para diferentes subprodutos, e chega a medir até 40 centímetros de diâmetro.

Entre os itens de produção mais populares advindos das árvores bracatinga, podemos citar:

  • Lenha: Conhecida pelo tronco maciço, a bracatinga desempenha bem como lenha, pois sua textura a torna altamente inflamável.
  • Carvão: Assim como no caso da lenha, este tronco é de bastante eficiente quando utilizado como carvão. Quando aplicado em churrascos, o carvão demora a apagar.
  • Construção: A rigidez de seu tronco faz com que ela seja frequentemente comercializada para construções.  A utilização de madeiras fortes para escoras – método de sustentar teto – torna o tronco requisitado tanto pelo comércio em geral como pedreiros.

Quando danificada por crescer em meio a pouco espaço, os agricultores costumam criar utilidades criativas para o seu tronco. Muitos poleiros para pássaros, portões de entrada da fazenda e até móveis rústicos de decoração podem ser feitos com a bracatinga.

Pequenas carpintarias também se interessam por essas madeiras danificadas, uma vez que seu uso pode gerar um comércio rentável. Trabalhada de uma maneira mais esteticamente bonita e profissional, acaba por ter a mesma utilidade na venda para os donos da fazenda.

O que é o mel de bracatinga?

Característico do sul do Brasil, o mel da bracatinga é muito popular. Quando utilizada pelas abelhas na formação de colmeias, fica cercada de fios brancos e com caraços – como um colar de pérola. Após expelir este líquido viscoso, sua ordem natural é liberar as cochonilhas – insetos que sugam o liquido e expelindo de volta o mel.

Ainda não muito popular no Brasil, o mel foi descoberto pelo alemães e rapidamente passou a ser importado por outros países do mundo.

Árvore bracatinga de tonalidades verde claro e escuro

Uma vitória importante para o Brasil aconteceu em 2013. Foi quando o bracatinga venceu como o melhor mel do mundo num congresso na Ucrânia.  Isso porque seu gosto e textura fizeram com que vencesse aproximadamente 86 países de todo o globo.

No Brasil, a empresa Prodapys é uma das principais exportadoras de mel no território nacional.  Hoje, o país produz cerca de 3 mil toneladas de mel de bracatinga por ano. De acordo com a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina – PAGRI.

Em 2017, as vendas totais de mel do Brasil – incluindo o da bracatingacresceram aproximadamente 32%. Os Estados Unidos da América  são os maiores importadores do mel brasileiro; cerca de 86% ao ano. Os dados do Ministério da Indústria, Comércio exterior e Serviços.

Agro20 | Portal Vida No Campo