Ameixa preta e as diferentes vantagens do seu consumo para o corpo

Inicio » Agricultura » Ameixa preta e as diferentes vantagens do seu consumo para o corpo
22/03/2021 Por
Ameixa preta e as diferentes vantagens do seu consumo para o corpo

Ameixa preta é rica em nutrientes e também é uma excelente fonte de fibras, podendo atuar como uma substituta para o açúcar. Quem tem problemas com intestino preguiçoso bem sabe o quanto a ingestão de fibras é importante para estimular o funcionamento do órgão. Este consumo não só é feito com cápsulas de fibras, como também por frutas, como por exemplo, a ameixa preta.

A ameixa preta ainda apresenta outras propriedades, graças a presença de potássio e antioxidantes. Além de que, a fruta sana as dificuldades do mau funcionamento intestinal.

  1. O que é ameixa preta?
  2. Quais são os tipos de ameixa?
  3. Quais são os benefícios da ameixa preta?
  4. Cuidados com o consumo da ameixa preta
  5. Como consumir ameixa preta?
  6. Ameixa preta engorda?
  7. Chá de ameixa preta
  8. Ameixa preta seca
  9. Ameixa preta fresca
  10. A ameixa preta é boa para o intestino?
  11. Quantas ameixas pretas pode comer por dia?
  12. Pode comer ameixa na dieta?
  13. Pode dar ameixa preta para o bebê?
  14. Cultivo de amiexa preta
  15. Cultivo de ameixas no Brasil

ameixa preta

O que é ameixa preta?

A ameixa preta é uma fruta arredondada com caroço produzida por árvores de família das Rosáceas. Primeiramente, pontuamos que as diferenças entre as ameixas vêm principalmente do fitoquímico, o pigmento que a fruta contém.

Quais são os tipos de ameixa?

Existem mais de 100 tipos de ameixa, sendo que as mais conhecidas são:

  • Ameixa preta: é uma variedade rica em antioxidantes antocianinas, ou seja, em substâncias que favorecem a saúde. Entre seus principais benefícios, estão proporcionar maior longevidade às células, além de contribuir para o bom funcionamento do coração e artérias.
  • Ameixa vermelha: essa variação da fruta contém flavonoides de ação anti-inflamatória. Dessa forma, ela consegue reduzir o risco de câncer. Além disso, a variedade é muito boa para a pele.
  • Ameixa amarela: é um outro exemplo de  mais uma variedade amiga da pele. Ela ainda possui carotenoides, consequentemente, contribui para a visão, bem como para a saúde das mucosas e sistema imunológico.

Quais são os benefícios da ameixa preta?

Além de ser uma velha conhecida de quem tem problemas intestinais, devido a presença de fibras, a ingestão da variedade auxilia na formação do bolo fecal, além de dar a sensação de saciedade.

Outros benefícios da ameixa preta são, ser fonte de vitaminas do complexo B, C, A, K e ser rica em fibras solúveis e insolúveis, cobre, ferro, potássio, magnésio e cálcio. Além disso, ela atua na redução das taxas de calorias, colesterol e gorduras.

Consumir a ameixa preta fresca é vantajoso para nosso organismo. Isso porque ela contém antioxidantes, auxilia na prevenção de câncer e doenças cardiovasculares. Da mesma maneira que auxilia a defesa do organismo e contribui com a formação dos glóbulos vermelhos do sangue.

Cuidados com consumo da ameixa preta

Conforme observamos no decorrer deste artigo, não há nenhum malefício em consumir a fruta. No entanto, algumas aplicações podem resultar em efeitos indesejados.

O chá de ameixa preta, por exemplo, aumenta a ingestão do consumo de açúcar, ao mesmo tempo em que reduz a absorção das fibras. Além disso, o consumo da água de ameixa eleva a absorção de açúcares. Isso porque, normalmente, é necessária um maior volume da fruta no seu preparo.

Outro efeito indesejado é que, não havendo mastigação, o processo digestivo é alterado; contribuindo para fermentação e a formação de gases.

Vale lembrar que, ao guardar a semente da ameixa preta, se torna possível plantar sua própria ameixoeira; seja na terra ou em vasinhos.

ameixa preta

Como consumir a ameixa preta?

Esse tipo de ameixa pode ser encontrado tanto in natura quanto seco. A fruta in natura possui os nutrientes em sua integralidade, especialmente na casca, onde se concentra o maior teor de fibras.

A ameixa preta seca, por sua vez, é desidratada, o que significa menor quantidade de água. Por outro lado, tem alta concentração de açúcar, não sendo então recomendada para diabéticos.

Outra consequência que o processo de desidratação traz é a perda da vitamina C. A vantagem da fruta seca, no entanto, está na potencialização do efeito laxativo. Por isso, costuma ser usada no chá e na água de ameixa consumidos para este fim.

Ameixa preta engorda?

A fruta in natura não tem nenhuma contraindicação para quem quer emagrecer, pois tem baixo nível calórico. A fim de se ter uma ideia, cada unidade tem apenas 30 calorias, levando a crer que, de fato, ajuda no emagrecimento. A ameixa seca, se consumida com moderação, é uma aliada na perda de peso.

Contudo, por ter maior índice de açúcar, pode ser transformada em vilã. Sendo assim, a ameixa preta emagrece? Não, apenas auxilia no processo, quando é consumida com moderação.

Chá de ameixa preta

Como dito anteriormente, a ameixa preta é ideal para aquelas pessoas que possuem um intestino que não funciona tão bem. Sabemos que quando essa parte do nosso corpo não está regularizada, é muito comum aparecer dores no abdômen, gases e até mesmo muito mau humor.

Esse tipo de ameixa é um excelente aliado em função da presença do sorbitol na sua composição. Ele funciona como um verdadeiro laxante natural e facilita muito a eliminação das fezes. Uma das formas mais conhecidas de utilização da ameixa preta para o intestino é por meio do chá.

Dentre outros vários benefícios da ameixa preta, podemos citar o fato dela possuir pouquíssimas calorias e baixo índice glicêmico e, portanto, o consumo de ameixa preta in natura, em vitaminas e sucos é bastante recomendado.

Veja, em seguida, o modo de preparo do chá de ameixa preta.

Receita do chá de ameixa preta

Você vai precisar de:

  • 3 ameixas pretas secas;
  • 1 xícara de água.

Para preparar:

  1. Coloque as ameixas pretas secas em uma panela e coloque a água. Deixe a mistura ferver por sete minutos. Após deixar esfriar o líquido, tome alguns goles durante todo o dia;
  2. Agora é só aproveitar os benefícios desta fruta tão gostosa e nutritiva!

Alertamos que, caso você continue com os sintomas de constipação, o mais indicado é procurar um médico para uma avaliação mais detalhada. Nunca consuma medicação sem orientação médica.

Ameixa preta seca

A ameixa preta seca é a ameixa desidratada que preserva vários dos nutrientes que são benéficos para o nosso corpo. Ela também pode ser uma excelente alternativa para regular o intestino e combater a prisão de ventre.

Dentre os benefícios dessa ameixa seca, também podemos citar o auxílio na melhoria da circulação do sangue, assim, colaborando para redução e prevenção de doenças cardiovasculares.

Podemos também ter outros benefícios na nossa saúde graças às propriedades da ameixa preta. Dentre eles:

  • Melhorias no colesterol. A ameixa presta seca age proporcionando a redução de gordura dos alimentos. Portanto, uma excelente alternativa para quem precisa reduzir o colesterol;
  • Controle na glicemia. As fibras desta ameixa promovem também uma redução nos níveis de açúcar do corpo e podem ajudar na prevenção do diabetes;
  • Ótima fruta para introdução em dietas alimentares. Garantia de muito sabor e saciedade;
  • Com concentração ainda maior de potássio, a ameixa seca é excelente aliada no combate e prevenção de resfriados e gripes, fortalecendo o sistema imunológico;
  • Um estudo americano mostrou que o consumo de cinco ameixas secas todos os dias pode ajudar no combate à osteoporose;
  • Além disso, o consumo da fruta ajuda na prevenção de doenças no colo do reto e aparecimento de hemorroidas;
  • As ameixas possuem grande função antioxidante e protegem nossas células dos radicais livres que podem causar diversos danos. Desta forma, a ameixa é excelente para prevenir o envelhecimento precoce e até mesmo alguns tipos de câncer.

Ou seja, vamos colocar a ameixa de vez no nosso cardápio cotidiano? Os benefícios valem a pena!

ameixa preta

Ameixa preta fresca

Uma boa alternativa para o consumo é a ameixa preta fresca. Assim como a ameixa preta seca, ela também ajuda a combater a constipação.

Após o seu consumo, o alimento chega ao nosso intestino como verdadeiras esponjas que absorvem a água e auxiliam a formação do bolo de fezes. Desta forma, a eliminação das fezes fica mais facilitada.

Engana-se quem pensa que a ameixa preta fresca fornece apenas esse conhecido benefício para a nossa saúde. Mas, para que serve a ameixa preta?

Os estudos indicam que a ameixa preta é também uma fonte potente de carboidratos, alguns compostos e minerais como cálcio, potássio e magnésio. Portanto, a fruta possui um grande poder antioxidante e pode fazer nosso corpo funcionar de uma forma melhor e mais saudável.

A ameixa preta é boa para o intestino?

Muito se fala sobre as propriedades da ameixa preta para o sistema digestório. Mas, o que geralmente não se fala é como essa fruta pode ser importante para auxiliar também no processo de emagrecimento. A sua grande quantidade de fibras faz com que a fome fique menor e a sensação de saciedade permaneça por mais tempo.

Além de auxiliar o intestino, a ameixa preta também ajuda a prevenir o envelhecimento precoce das células. Já a boa dose de vitamina C presente na fruta ajuda com que nosso corpo absorva o ferro de forma mais eficaz.

Vale também consumir a ameixa preta junto com alguma outra fruta e garantir ainda mais sabor aos seus preparos.

Quer um exemplo de combinação infalível com ameixa? Junte algumas delas com uma maçã e bata no liquidificador. Em seguida, esprema meio limão e adoce a gosto!

Quantas ameixas pretas pode comer por dia?

Tanto a ameixa preta seca quanto a ameixa preta fresca são ótimas para serem incluídas na alimentação do dia a dia. Além disso, são uma ótima alternativa para reduzir o apetite e também a formação de tecido de gordura nosso corpo, como vimos.

Desta forma, existe uma quantidade máxima de ameixas pretas que podemos comer em um dia?

Os especialistas indicam o consumo de, no máximo, duas ameixas pretas diariamente. Isso porque ela pode ser uma vilã contra a perda de peso se consumida em grande quantidade.

Portanto, se você objetiva perder alguns quilinhos, evite os exageros, ok? Capriche em uma dieta com todos os componentes nutricionais e não esqueça de incluir essa fruta tão nutritiva e saudável.

Além do consumo in natura, a ameixa possibilita a combinação com diversas outras frutas.

ameixa preta

Pode comer ameixa na dieta?

A resposta é sim! Porém, como lembramos anteriormente, é muito importante ficar atento para a quantidade de ameixa preta consumida diariamente. No caso da ameixa preta seca, a indicação é a mesma da ameixa fresca: apenas duas unidades a cada dia.

Mas, afinal de contas, a ameixa preta emagrece? Caso o seu objetivo seja o emagrecimento, abra o olho e consuma apenas a dieta e quantidades indicadas pelo seu nutricionista ou nutrólogo, ok?

Uma das características mais interessantes sobre a ameixa é que ela pode apresentar mais de duas mil variações. Incrível, não é mesmo? Assim, existem tipos de ameixa que são bem diferentes e possuem maior tamanho, formato diferente e até mesmo um gosto mais doce.

As ameixas provenientes da Europa são mais fibrosas e possuem menos água em sua composição, enquanto as ameixas do Japão têm mais sumo e são ideais para o consumo in natura.

No Brasil, o tipo de ameixa mais cultivada é a Prunus salicina, uma espécie híbrida de variedades da Europa e da América do Norte. Por ser bem resistente a altas temperaturas, esse tipo de ameixa tem perfeita adaptação no clima brasileiro.

No mercado mundial, o tipo de ameixa mais cultivada é a Prunos domestica. Entretanto, essa espécie exige temperaturas mais baixas e não se adapta muito bem ao clima do Brasil, com exceção do cultivo nos estados do sul do país.

Pode dar ameixa preta para o bebê?

Que a ameixa é uma fruta deliciosa, todo mundo sabe. Mas, ela pode ser consumida por bebês? A partir de que idade é aconselhável introduzir a ameixa preta na alimentação das crianças?

Com grande quantidade de nutrientes, a ameixa preta é um alimento que pode ajudar bastante na nutrição e desenvolvimento dos pequenos.

Entretanto, alguns cuidados são bastante importantes na hora de incluir a fruta na alimentação das crianças.

Em primeiro lugar, a ameixa preta seca pode ser ingerida por meio de chá (feito com a fervura de 150 ml de água e com três ameixas) ou em forma de “geleia” (colocando a ameixa de molho por cinco horas). A polpa da ameixa também pode ser consumida pelas crianças.

Em segundo lugar, é importante lembrar que apenas bebês com mais de seis meses podem consumir a fruta e o chá com segurança. Nunca ofereça nada ao seu bebê sem prévia consulta com o pediatra para uma avaliação mais detalhada.

A ameixa vermelha, por exemplo, é rica em vitamina C e importante para o fortalecimento imunológico das crianças. Além disso, representa uma ótima fonte de energia por possuir açúcar e fibras que ajudam na absorção correta e sem oferecer riscos para o aumento da glicemia.

Uma receita maravilhosa para bebês com mais de seis meses e que pode servir como laxante é a mistura de ameixa preta, mamão, farinha de linhaça e laranja. Coloque tudo no liquidificador, ofereça ao bebê e perceba a diferença na regulação do seu intestino.

Cultivo de ameixa preta

A espécie mais conhecida de ameixa, a Prunus salicina, vem da Ásia e aprecia temperaturas mais frias para pleno desenvolvimento. Quando cultivada em locais com os devidos cuidados, a ameixeira pode chegar a medir quase dez metros de altura.

Durante a florada, a ameixeira apresenta lindas flores brancas e com o formato oval. Quer aprender como plantar ameixa preta? Acompanhe as dicas e inicie o seu cultivo!

  • A ameixa adora regiões com clima temperado ou subtropical. A regra geral é a planta se desenvolver melhor em temperaturas mais baixas. Entretanto, a ameixeira também pode sobreviver em locais que possuem altitudes mais elevadas;
  • A melhor época para plantar ameixa preta é durante o inverno, principalmente, nos meses de junho e julho. Algumas outras espécies se adéquam mais ao plantio em dezembro e janeiro;
  • Em duzentos hectares, é possível plantar até 200 ameixeiras. A colheita geralmente acontece outubro e fevereiro;
  • A semente de ameixa se adapta melhor em solos mais profundos e com drenagem boa. As raízes da planta precisam alcançar profundidades que permitem que as ameixeiras fiquem mais bonitas e produtivas;
  • O pH do solo mais indicado para o cultivo da ameixa é 6. O tratamento com calcário é uma boa alternativa para adequação do solo;
  • Dica importante: não aconselhamos a plantação de outros vegetais frutíferos na mesma região da ameixeira;
  • Para obter sucesso no plantio da ameixa, os especialistas indicam a utilização de mudas enxertadas com pelo menos setenta centímetros;
  • Uma técnica indicada para obter uma colheita mais aprimorada é a retirada das pontas dos ramos da ameixeira. Assim, a planta não fica sobrecarregada de frutos e produz de forma mais efetiva.

E no Brasil? Como se processa o cultivo da ameixa? O país se destaca na produção ou ainda depende de outros países para consumo? Vejamos a seguir.

ameixa preta

Cultivo de ameixas no Brasil

Pertencente à família da Rosáceas, a ameixa possui um caroço bem peculiar. A planta pertence ao mesmo grupo da nectarina e do pêssego. No Brasil, temos muito mais consumo de ameixas do que área de cultivo da fruta. Desta forma, é uma cultura pouco explorada em terras brasileiras.

Os dados apenas confirmam: somos quem mais importa ameixa em toda a América Latina e o quinto em todo mundo. Boa parte das ameixas que consumimos aqui no Brasil vêm do Chile, da Argentina e de alguns países europeus.

Entretanto, se o investimento no cultivo de ameixas no Brasil tivesse mais força, poderíamos ter bons resultados com a produção de cerca de vinte toneladas da fruta por hectare. Esse também seria um grande passo para tornar a produção do Brasil autosuficiente e independente das importações.

As principais plantações de ameixa no país estão nos estados da região sul, em especial, no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Também é possível encontrar cultivos em São Paulo e em Minas Gerais.

Aproximadamente mil famílias se dedicam à produção da ameixa no Brasil e boa parte também realiza o plantio de outros tipos de frutas.

Um motivo para que a ameixa não tenha cultivos expressivos no Brasil é o clima. Como já destacamos, esse vegetal aprecia invernos bem rigorosos com temperatura baixas.

É bastante comum que apenas com cinco anos de plantio as plantas comecem a morrer por conta de uma doença provocada por uma bactéria bastante mortal. Vírus como o Sharka também são bem comuns nas ameixeiras.

Outro ponto importante é que não existe uma regulamentação de mudas pelas autoridades brasileiras. Assim, fica mais difícil adquirir plantas limpas de algumas doenças. Em muitas situações, os cultivadores de pomares fazem investimentos e não chegam sequer a aproveitar a primeira colheita da ameixa preta.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo