Champignon tem sabor e aspecto requintado e é apreciado no mundo todo

Inicio » Agricultura » Champignon tem sabor e aspecto requintado e é apreciado no mundo todo
22/08/2019 Por
Champignon tem sabor e aspecto requintado e é apreciado no mundo todo

Champignon pode promover tanta saciedade quanto a carne

No início, o champignon era considerado um alimento exclusivo e disponível apenas para a elite. No entanto, no decorrer do tempo, o cogumelo se tornou mais acessível à população.

Métodos melhores e mais eficazes foram desenvolvidos. Atualmente, tem havido um aumento enorme no cultivo de champignon, facilitando assim o seu consumo.

Champignon

O que é champignon?

Champignon é um cogumelo comestível. O termo champignon é derivado do idioma francês e se refere ao fungo.

Por volta do ano de 1650, um produtor dos arredores de Paris descobriu cogumelos crescendo em seu fertilizante de melões. O produtor decidiu então cultivar a mais nova e exótica iguaria, comercializando e introduzindo-a nos mais exclusivos restaurantes parisienses. Foi nessa época que o cogumelo recebeu o apelido de “champignon de Paris“.

Mais tarde, um jardineiro francês descobriu que as cavernas consistiam em um ambiente adequado para o cultivo de cogumelos. Isto é, um ambiente fresco e úmido, onde os champignons pudessem se disseminar.

Após a descoberta, o cultivo de cogumelos se desenvolveu em larga escala nas cavernas de Paris.

História do champignon

Acredita-se que os champignons foram cultivados pela primeira vez em torno do ano 600, na Ásia. Já na Europa, o primeiro fungo cultivado foi introduzido no século XVII.

Na Holanda, por sua vez, o champignon foi introduzido pela primeira vez no início do século XIX. Contudo, foi apenas após a década de 1900 que os fungos foram cultivados em grande escala. Além disso, ainda demoraria cerca de cinquenta anos para que os holandeses se familiarizassem com o cogumelo.

Afinal de contas, foi a partir do ano de 1950 que o fungo passou a se tornar popular entre produtores e consumidores da Holanda.

Este fato foi decisivo principalmente nos últimos cinquenta anos. Em outras palavras, a Holanda se tornou o maior produtor de cogumelos da União Europeia, com uma produção anual de 270 milhões de quilos e mais de 10.000 empregos.

Ao lado da China e dos Estados Unidos, a Holanda ocupa hoje o terceiro lugar no mercado. Atualmente, a China está em primeiro lugar em escala global, contabilizando 70% da produção mundial.

De fato, pode-se dizer que o cultivo de champignon é uma febre. Todos os anos, milhões de toneladas de cogumelos são cultivadas em todo o mundo.

Champignon

Como consumir o champignon

Champignon – também conhecido como champignon de Paris – é um cogumelo comestível de sabor suave. Por isso, o fungo pode ser facilmente misturado a diversos pratos e sabores.

De acordo com especialistas, os cogumelos comestíveis contam com quantidades significativas de minerais e oligoelementos.

São inúmeras as receitas com champignon como, por exemplo, saladas, guisados, carnes, molhos e demais misturas. Contudo, para manter o champignon fresco, é recomendado embrulhá-lo em uma toalha de papel úmida. Em seguida, é indicado que o cogumelo seja guardado em sacos, até que ganhe utilidade.

Já para o preparo do cogumelo comestível, são indicados alguns passos essenciais. Você pode conferi-los a seguir:

  1. Limpe cada champignon com um pano úmido ou toalha de papel umedecida. Remova toda a sujeira e detrito da parte superior e de dentro da tampa.
  2. Coloque os cogumelos em uma tábua limpa. Corte no topo de cada caule e em seguida descarte-os.
  3. Pique os champignons em fatias médias com uma faca afiada.
  4. Em uma panela, pré aqueça 1 colher de sopa de azeite extra virgem e 1 colher de manteiga. Refogue.
  5. Adicione os champignons e cozinhe até ficarem macios. Em seguida, retire-os do fogo.
  6. Tempere-os a gosto com sal, pimenta e demais temperos, se desejar.

Benefícios do champignon

Os benefícios do champignon para a saúde incluem perda de peso, redução dos níveis elevados de colesterol e diminuição do diabetes.

Além disso, eles são uma rica fonte de fibras, selênio, vitamina C e vitamina D. Isto é, estes fungos ajudam a aumentar o bom funcionamento e resistência do sistema imunológico.

Abaixo, você confere cinco benefícios do champignon à saúde do organismo.

  • Auxilia na perda de peso

Estima-se que uma porção de champignon cru contenha apenas vinte calorias. Além disso, como se não bastasse, o cogumelo também contém zero de gordura, possuindo baixo teor de sódio.

Se você está de dieta, vai gostar de saber que os cogumelos podem oferecer tanta saciedade quanto a carne. Isto é, o champignon de Paris é um ótimo ingrediente para compor refeições se você está tentando uma dieta saudável.

  • Apresentam propriedades anti inflamatórias

Estes fungos são capazes de reduzir a inflamação no corpo graças à presença de antioxidantes em sua composição como, por exemplo, ergothioneine e selênio.

De acordo com nutricionistas, os cogumelos são um alimento super indicado para consumo quando você sofre uma pequena inflamação, tal como uma lesão.

Além disso, ele é um aliado de pacientes com doenças auto imunes, como esclerose múltipla, artrite reumatoide ou lúpus.

  • Reforçam a saúde dos ossos

Uma única porção de cogumelo cozido pode fornecer até um terço da quantidade diária recomendada de cobre. Ou seja, um terço do mineral essencial quando o assunto é manter os ossos saudáveis.

Quando se trata de alimentos, os cogumelos são também uma fonte em vitamina D. Essa propriedade D fortalece os ossos, promovendo a absorção de cálcio.

Tal como os humanos, o champignon absorve vitamina C ao ser exposto ao sol. Para tanto, lembre-se de cultivá-los sob a luz do sol.

Champignon

  • São os queridinhos dos veganos

Falando de vitamina D, sabe-se que os veganos precisam fazer mais esforços para obter o nutriente. Minerais como ferro, selênio, potássio, cobre e fósforo também são fáceis de perder em uma dieta vegana.

A boa notícia é que os cogumelos são uma fonte de todos os nutrientes citados acima. Isto é, um componente muito útil em padrões alimentares restritos como dos veganos.

Os cogumelos também são ricos em vitaminas do complexo B, sendo o folato particularmente importante durante a gravidez.

  • Retardam o envelhecimento

No ano de 2017, 13 variedades de cogumelos foram examinadas. Os pesquisadores descobriram que todas as espécies analisadas possuíam grandes quantidades de dois importantes antioxidantes. Eram estes a ergotioneína e a glutationa, ambos com propriedades anti-envelhecimento.

Além disso, os países com maior ocorrência de champignon em suas dietas têm menor incidência de doenças neurodegenerativas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo