Sipeagro passa a ser ferramenta obrigatória no exercício da veterinária

Inicio » Veterinária » Sipeagro passa a ser ferramenta obrigatória no exercício da veterinária
03/06/2019 Por
Sipeagro passa a ser ferramenta obrigatória no exercício da veterinária

O Sipeagro, ferramenta para comercialização de substâncias de controle especial no uso veterinário, passou a ser obrigatório em 2019. Antes de mais nada, o Sistema Integrado de Produtos e Estabelecimentos Agropecuários (Sipeagro) foi instituído em 2017.

Entretanto, foi só em 2019 que o Sipeagro passou a vigorar para valer, mais precisamente em 1º de janeiro. Entre as substâncias que devem ser obrigatoriamente notificadas está a miltefosina, princípio ativo que trata a Leishmaniose Visceral Canina (LVC).

  1. O que é Sipeagro?
  2. Sistema Sipeagro
  3. Regulamentação da profissão de veterinário
  4. Como se cadastrar no Sipeagro?
  5. Legalização do Sipeagro
  6. Sipeagro e o controle medicamentoso
  7. Manual Sipeagro
  8. Como funciona o Sipeagro?
  9. Inclusão de substâncias no Sipeagro
  10. A importância do Sipeagro
  11. Como o Sipeagro beneficia os animais?
  12. Medicamentos para animais
  13. Vantagens do Sipeagro
  14. Dúvidas em relação ao Sipeagro
  15. O Sipeagro pode incluir vacinações?
  16. A importância do veterinário
  17. Cuidados com medicamentos animais
  18. Benefícios do Sipeagro
  19. Como o Sipeagro impacta a economia?

Sipeagro

O que é Sipeagro?

O Sipeagro é o Sistema Integrado de Produtos e Estabelecimentos Agropecuários, e foi determinado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O objetivo da norma é aumentar o controle sobre a prescrição de fórmulas de remédios voltados aos animais.

O Sipeagro vale para todos os estabelecimentos que fabricam, armazenam e comercializam substâncias de controle especial. Por isso, é bom ficar atento às regras determinadas na Instrução Normativa nº 35 de 11 de setembro de 2017.

Sistema Sipeagro

O Sipeagro também faz um diagnóstico do rastro dos produtos desde a fabricação até a comercialização. Desta forma, o sistema contribui para o trabalho do médico veterinário, que antes era obrigado se dirigir a uma unidade regional do Ministério da Agricultura caso quisesse obter os números de cadastro necessários para a prescrição dessas substâncias.

Regulamentação da profissão de veterinário

Atualmente, somente por meio do sistema Sipeagro, o médico veterinário prescreve notificações de receita de substâncias sujeitas a controle especial. Por isso, é imprescindível para o exercício da profissão.

Como se cadastrar no Sipeagro?

Para realizar o cadastro, é só acessar a página do Sistema, preencher o formulário e criar um login. Em seguida, deve-se enviar o comprovante de inscrição ao Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) de seu estado. A ficha será analisada pelo Mapa.

Com o registro, profissionais poderão enfim emitir e acompanhar, de forma totalmente eletrônica, as notificações de receitas de medicamentos de uso controlado.

Legalização do Sipeagro

A Instrução Normativa 35 (IN 35/2017) substituiu a IN 25/2012. Com isso, substituiu o antigo texto. Isso porque especifica o novo sistema eletrônico como ferramenta para o registro. Antes, o controle e o cadastro era muito difíceis, justamente por não serem totalmente automatizados.

Sipeagro e o controle medicamentoso

Entre as substâncias controladas pelo sistema, estão a cetamina, miltefosina e mefentermina. Única substância autorizada no Brasil para tratamento da Leishmaniose Visceral Canina (LVC), a miltefosina é o princípio ativo do Milteforan. Por meio do registro no Sipeagro, a supervisão da comercialização da substância é feita pelo Mapa.

O médico-veterinário é o único profissional autorizado a prescrever a miltefosina, tratar e acompanhar o animal, segundo o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV).  Desta forma, o Conselho destaca que o tratamento dos cães não é sinônimo de medida de saúde pública para controle da doença.

A leishmaniose visceral (LV) é uma doença infecciosa que atinge os animais e o homem. O cão é o agente que transmite a doença aos seres humanos e aos animais. A infecção ocorre por meio da picada de fêmeas infectadas do inseto. Desta forma Nos cães, caracteriza-se por febre, perda de peso, entre outras alterações cutâneas, entre outros sintomas. Pode levar até a morte.

Sipeagro

Manual Sipeagro

O Manual do Sipeagro para empresas contém 53 slides disponíveis na Internet. Tratam-se de orientações sobre a documentação necessária para o cadastro, login, registro do estabelecimento e pendências do Mapa.

Passo a passo para o cadastro de médicos veterinários
O sistema para cadastramento do médico veterinário no sistema é realizado da seguinte maneira:

  • Acesse o site www.agricultura.gov.br
  • Clique em “Serviços e Sistemas”
  • Selecione Sipeagro
  • Clique em “Não Sou Cadastrado”. Preencha a tela do pré-cadastro e clique “enviar”. Se essa tela não aparecer, volte no passo anterior e clique novamente em “Não Sou Cadastrado”
  • O sistema enviará para o e-mail cadastrado um login e uma senha de acesso
  • Após obter login e senha, volte na primeira tela de acesso ao sistema e clique em “Já sou cadastrado”
  • Clique na opção “Médico Veterinário” e vá para a opção “Novo Cadastro”
  • Preencha os campos, anexe os arquivos exigidos e clique em “Enviar Solicitação”
  • A solicitação será distribuída para análise do Mapa. Após o Deferimento do Cadastro, o médico veterinário poderá emitir as Notificações de Receita

Como funciona o Sipeagro?

Após o cadastro, a primeira tela permite ao médico veterinário consultar notificações emitidas e verificar o status de cada uma. Mas, é importante observar que toda notificação com status “em lançamento” deverá ser completada em até 30 dias, após emissão. No entanto, é importante respeitar a regra, porque a demora na conclusão do processo trava a emissão de outras notificações.

Caso o profissional decida emitir uma nova notificação de receita veterinária, deve clicar em “Novo”. No “Tipo de Notificação”, o médico veterinário deverá selecionar “Em branco” e clicar em “Gerar notificação”. É necessária a impressão de três vias. Desta forma, uma ficará com o proprietário do animal, a outra ficará retida no estabelecimento comercial. Então, a terceira é do médico veterinário,para que ele tenha um prazo de até 30 dias para informar os dados da prescrição no Sipeagro.

Notificação do Sistema

Para se informar sobre o status das notificações de receita emitidas, o médico veterinário deve informar o número da notificação ou selecionar o período da emissão. Em seguida, o sistema mostrará a lista das notificações de receitas emitidas e sua situação. Por fim, para lançar os dados da prescrição, o médico veterinário deve clicar sobre o número da notificação.

Depois de 5 dias da emissão da notificação de receita em branco, o sistema emitirá um aviso. O comunicado reforça a importância de completar o lançamento dos dados da prescrição na respectiva notificação em um mês.

Dentro deste prazo, se o médico veterinário não tiver lançado os dados da prescrição, o sistema ficará bloqueado. Além disso, erá impedida a emissão de novas notificações de receita veterinária.

Inclusão de substâncias no Sipeagro

No caso de produtos veterinários de uso contínuo, deverá ser acrescida a expressão “uso contínuo” na Notificação de Receita Veterinária. No sistema, há a possibilidade de constar a quantidade de produto suficiente para 180 (cento e oitenta) dias de tratamento.

O Sipeagro não inclui, ainda, todos os os produtos veterinários sujeitos ao controle especial. Por isso, o prazo para a total regularização vai até 31 de julho deste ano.

Após entender o sistema Sipeagro, saiba que a medicina veterinária é uma das profissões de maior necessidade no mercado. Atualmente, existem diversos profissionais no Brasil e no mundo que desempenham um ótimo trabalho.

Além disso, é importante ressaltar que a medicina veterinária é vista como uma profissão que exige uma grande dose de consciência e responsabilidade por parte do profissional, justamente por isso o Sipeagro é tão necessário.

A importância do Sipeagro

Com o aumento de números de animais abandonados e em necessidade medicinal, a medicina veterinária precisou se reinventar e evoluir consideravelmente. Além de tratar dos animais, também começou a interagir muito mais com os seres humanos.

É importante ressaltar também que, atualmente, a tecnologia atua de grande forma dentro da medicina veterinária, tornando possível ter uma assertividade muito maior ao detectar possíveis doenças. Ademais, também oferece autonomia para que os animais sejam devidamente medicados.

Até mesmo porque é indispensável ressaltar que os veterinários com registro no Sipeagro também possuem uma autonomia e peso maior em seu currículo. Mesmo que seja algo obrigatório, aqueles que sabem como investir em suas carreiras acabam demonstrando grande atividade no mercado.

Inclusive, tais profissionais também lideram um papel fundamental dentro da pecuária, fazendo com que o trabalho do pequeno, médio ou grande produtor não pare por conta de doenças. Assim, desempenham um papel que se torna devidamente apreciado.

Como o Sipeagro beneficia os animais?

Primeiramente, toda pessoa que decide adotar um animal, qualquer que seja a espécie, precisa ter em mente que o acompanhamento veterinário é algo fundamental. Afinal, diferente dos seres humanos, os animais não demonstram com palavras aquilo que estão sentindo.

Mesmo quando já acometidos por uma doença, por exemplo, podem demorar algum tempo para que os devidos sintomas sejam realmente manifestados. Dessa maneira, as consultas periódicas ao veterinário tornam possível detectar algum problema na saúde do animal.

Principalmente em países onde a atividade pecuária é algo que está sempre em constante atividade, os conhecimentos do profissional que possui o Sipeagro são algo que colabora muito, de várias formas. Dessa maneira, torna-se indispensável contar com seu apoio e suporte.

Ademais, o Sipeagro permite que o médico veterinário consiga tratar o animal que se encontra com doenças mais graves, por exemplo, e assim optar pelo devido tratamento e medicação. Nesse tratamento, também é possível incluir as cirurgias.

Juntamente a elas, o profissional tem a liberdade de poder escolher os medicamentos para que o animal seja devidamente tratado. Logo, o Sipeagro também pode ser visto como um ótimo bônus e um fator que ativa de grande forma a autonomia e vantagens que esse profissional tem a oferecer.

Sipeagro

Medicamentos para animais

Os medicamentos para animais são muito diferentes de todos aqueles ministrados para seres humanos. Logicamente, alguns possuem composições semelhantes e inclusive existem remédios humanos que, quando permitido por veterinários, podem ser oferecidos em quantidades mínimas ao animal.

Porém, ocorre que toda a indústria farmacêutica voltada para a veterinária possui muitas particularidades que precisam ser seguidas à risca pelos profissionais. Dessa maneira, tudo torna-se extremamente delicado.

Isso faz com que um profissional com Sipeagro tenha maior autonomia para garantir o medicamento certo para o animal, fazendo com que contribua de grande forma para que somente medicamentos de qualidade e procedência sejam oferecidos.

Vantagens do Sipeagro

Após entender como funciona Sipeagro, é comum que muitos indivíduos, incluindo os próprios profissionais da saúde, percebam de forma ampla as vantagens e benefícios que podem obter. Afinal, o Sipeagro garante uma facilidade sem tamanho.

Atualmente, pessoas das mais variadas localidades do Brasil encontram-se com o seu tempo cada vez mais escasso, já que a rotina diária exige uma grande quantidade de afazeres. Dessa maneira, o veterinário Sipeagro possui maior agilidade e facilidade em emitir receitas e indicar medicamentos.

Além do mais, tudo isso colabora para que o profissional obtenha mais êxito em sua carreira, já que consegue atuar de forma muito mais correta e ágil. Isso tudo se deve ao fato de o sistema Sipeagro ser bem estruturado e permitir que o profissional tenha maior fluidez na rotina.

Dúvidas em relação ao Sipegro

É extremamente comum que muitas dúvidas ainda existam em relação ao assunto, principalmente como funciona Sipeagro. Logicamente, essa dúvida é comum entre muitos tutores de animais e clientes de médicos veterinários.

Afinal, muitos ainda estão se informando de tal obrigatoriedade que o profissional possui e estão, com razão, interessados em descobrir mais sobre o assunto. Porém, por mais difícil que seja acreditar, alguns profissionais ainda possuem dúvidas em relação.

Entretanto, uma das maiores vantagens do Sipagro é justamente proporcionar o Sipeagro manual, que funciona de maneira eficiente para entender mais sobre o assunto e sobre o sistema Sipeagro.

Dessa forma, até mesmo o tutor do animal e o próprio veterinário, principalmente se for novo na profissão, compreendem melhor sobre as normas, regras, etc.

O Sipeagro pode incluir vacinações?

Sem dúvidas, o Sipeagro pode incluir também vacinações. Como é um sistema extremamente completo, garante a devida segurança para o animal, profissional e também para o tutor. Logo, para selecionar a vacina, basta procurá-la pelo nome comercial e incluí-la manualmente.

A importância do veterinário

É de suma importância possuir veterinário de confiança e garantir que ele esteja realizando devidamente a utilização do Sipeagro. Afinal, tornou-se algo obrigatório e por isso pode ser suspeito optar por um profissional que não siga essa regra.

Ademais, também é muito importante ressaltar a questão de que o profissional veterinário pode garantir que as medicações mais corretas sejam ministradas ao animal. Um dos maiores erros por parte de tutores, sejam eles de animais agrícolas ou animais domésticos, é oferecer remédios sem a devida orientação.

Isso pode ser tão perigoso quanto a automedicação humana, já que implica em um animal que não possui controle sobre aquilo que quer ou não ingerir. Por isso, o auxílio profissional de um veterinário que utiliza adequadamente o sistema Sipeagro é indispensável para garantir a proteção ao animal.

Sipeagro

Cuidados com medicamentos animais

Algo muito banalizado nos dias de hoje é a medicação dada aos animais. Mesmo que muitas pessoas saibam que ingerir tais medicamentos não é o correto, ainda assim fazem questão de oferecer remédios sem indicação médica para o animal.

Logo, é uma ação extremamente contraditória, já que nenhum ser humano toma o remédio de um animal. Contudo, é comum encontrar atualmente uma série de problemas causados por medicações erradas e que dificilmente resolverão o problema.

Além disso, é importante ressaltar a grande quantidade de receitas falsas que circulam no mercado, fazendo com que o animal seja uma das únicas vítimas de tal ato. O Sipeagro é a forma encontrada mais segura e correta para que receitas sejam emitidas e medicamentos sejam procurados.

Em alguns casos, por exemplo, pode ocorrer de algum medicamento ser oferecido por engano para o animal, causando sérios problemas e impactando de maneira negativa a sua produtividade e qualidade de vida.

Portanto, o Sipeagro atua como uma alternativa muito mais segura e eficiente de fazer com que todo o procedimento correto seja seguido, independente de qual seja. Além do mais, também é importante citar que o profissional, geralmente, sabe muito bem como utilizar o Sipeagro e procurar o medicamento mais adequado para que o tutor o adquira.

Benefícios do Sipeagro

Muitos indivíduos ainda não pararam para analisar o contexto, mas desde que o Sipeagro se tornou obrigatório, resultou em grandes benefícios para os produtores e demais empreendedores do agronegócio. Muitos deles atuam com a participação ativa de animais e isso não é segredo para ninguém.

No entanto, esse é um segmento que enfrenta enormes dificuldades a partir do momento que um animal adoece e começa a perder a sua produtividade. Quando isso ocorre, por exemplo, nota-se claramente o desespero e a preocupação por parte do empreendedor.

Afinal, os animais são de grande forma uma das principais fontes de renda do negócio. Ou seja, a sua ausência por conta de um quadro de saúde abalado faz com que haja grande problema em relação aos lucros e as entregas pedidas pelos consumidores.

Dessa maneira, o Sipeagro é uma forma de agir com muito mais eficácia e assertividade. Além do mais, também é uma forma de garantir que haja confiabilidade de profissional para cliente.

Logo, torna-se uma forma de garantir que todos os remédios adquiridos sejam seguros o suficiente para o animal.

Exames preventivos

Além do Sipeagro ser ótimo, é muito importante tentar manter os exames preventivos sempre em dia, garantindo uma qualidade de vida altamente satisfatória para o animal.

Como dito anteriormente, criar um animal, independente da espécie, é algo que exige grande senso de responsabilidade e competência. Logo, torna-se indispensável garantir os cuidados necessários em relação à saúde do animal.

Os exames preventivos são uma forma de garantir que tudo está correndo bem com ele, fazendo com que não seja necessário medicá-lo.

Ainda assim, as vacinas devem ser aplicadas sempre de maneira correta e pontual a fim de manter o organismo protegido e em bom funcionamento. Por conta disso, manter uma rotina de consultas veterinárias pode garantir enormes benefícios.

Além de manter a produtividade dos animais em alta, também é uma ótima forma de entregar um bom produto aos consumidores, fazendo com que se tornem fiéis e isso agregue ótimo retorno financeiro para o empreendedor.

Seriedade na medicina veterinária

Mesmo que alguns profissionais não tenham se sentido à vontade com o fato de o Sipeagro se tornar algo obrigatório, é impossível negar que ele basicamente ajuda a impor um profissionalismo muito maior na profissão.

Tudo isso fez com que o profissional tivesse muito mais cuidado e o senso de se adaptar às novidades da profissão. Até mesmo os novos veterinários que estão recém chegando ao mercado já sentem a rotina com um peso diferente.

Além disso, a obrigatoriedade fez com que todos os procedimentos realizados fossem vistos como algo, de fato, profissional, colaborando para maior segurança.

Isso porque, usando as funcionalidades do Sipeagro da forma como deve ser, o profissional consegue garantir maior organização em sua agenda. Ademais, também é um método de adquirir maior controle em relação a todos os pacientes, remédios receitados e demais características que englobam o dia a dia da profissão.

Portanto, tornou-se uma alternativa para garantir que um novo patamar de profissionalismo e segurança fosse estabelecido.

Sipeagro

Como o Sipeagro impacta a economia?

Mesmo que seja algo voltado para o setor veterinário e que muitas pessoas ainda tenham dúvida sobre como funciona Sipeagro, é muito interessante a forma como essa simples mudança fez com que muitas pessoas se beneficiassem.

Um exemplo claro disso é que há um transtorno muito menor na compra de remédios para os animais, já que tudo está devidamente acertado (nomes, dosagem, etc). Além disso, a rapidez e praticidade que o sistema oferece também é uma forma de colaborar para o crescimento econômico.

Por fim, torna-se indispensável citar o quanto essa prática colaborou para que houvesse rendimentos muito melhores no empreendimento de cada cliente. Com os medicamentos corretos sendo receitados de forma certa, os erros diminuíram de forma considerável.

Anteriormente, alguns medicamentos de nomes semelhantes podiam ser confundidos, fazendo com que isso atrapalhasse a rotina do cliente, a saúde do animal e também arruinassem a reputação do veterinário.

Atualmente isso é muito difícil de acontecer, já que a tecnologia ofereceu maior segurança para isso, ou seja, o Sipeagro. Entre outras vantagens, encontram-se:

  • Praticidade;
  • Agilidade;
  • Escolhas assertivas;
  • Período aceitável para organizar as receitas;
  • Possibilidade de incluir manualmente.

É possível afirmar que, sabendo utilizar corretamente o Sipeagro, tanto o profissional veterinário quando o seu cliente podem se beneficiar de grande forma. Afinal, é algo que promove organização, segurança e ainda permite que o histórico das receitas seja organizado pelo profissional.

Tudo isso permite uma nova perspectiva e uma maneira diferenciada de atender na Sipeagro, garantindo que tudo seja feito de uma forma diferente e beneficiando a todos os lados, já que colabora para também aumentar os índices de satisfação de cada cliente e, assim, oferecer bem-estar ao animal.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo