Desbaste: o significado e a sua influência no plantio

Inicio » Agricultura » Desbaste: o significado e a sua influência no plantio
22/02/2019 Por
Desbaste: o significado e a sua influência no plantio

O desbaste está presente no campo agrícola como auxiliar no cultivador

No setor da agricultura o processo de desbaste é muito útil como forma de aproveitar melhor a plantação.

O processo desbaste representa ao produtor um plantio forte e saudável, ajudando para que suas colheitas sejam mais fartas e cheias de qualidade.

Alimentos saudáveis após desbaste do plantio

O que é desbaste?

Desbaste é o processo de retirada de ervas daninhas e pragas que tendem a infestar plantações. Para que isso seja feito, existe um processo de seleção das melhores plantas que estão sendo cultivadas – de modo que estas tenham espaço suficiente para desenvolvimento.

Este procedimento é realizado porque é muito comum que algumas mudas sejam infectadas ou fiquem fracas por não absorverem nutrientes em uma plantação. Por este motivo, o desbastamento é necessário e bastante eficiente.

Esta atividade agrícola está diretamente ligada à uma questão de densidade entre espécies vegetais de uma determinada área, bem como sua profundidade. Em suma, seu principal papel na agricultura é a manutenção saudável do plantio a partir do corte de vegetais em excesso; bem como ervas daninhas e pragas.

Qual a importância do desbaste?

O processo de desbaste serve para uma série de funções que ajudam a qualidade e o desenvolvimento de uma plantação. Entre elas:

  • Mantém o plantio limpo
  • Permite melhor seleção de espécies vegetais mais saudáveis
  • Torna o plantio mais produtivo
  • Conserva a saúde da plantação ao evitar a propagação de doenças
  • Reduz a quantidade de espécies de plantas

O último item – referente à diminuição da variedade de espécies -, para muitos especialistas é uma das maiores vantagens da atividade. Isso porque carrega a possibilidade de melhoras efetivas na captação de luz, também permitindo que a irrigação se torne mais bem distribuída.

Devido à estes fatores, as plantas são enriquecidas com nutrientes do solo e sua produtividade aumenta consideravelmente.

Quais são os tipos de desbaste?

Existem três maneiras em que o desbaste florestal pode acontecer. Elas são:

  • Desbaste seletivo

Este tipo de atividade acontece quando há uma seleção de qual planta será retirada e qual permanecerá. É considerado um formato efetivo, pois a analise é demorada e cuidadosa.

  • Desbaste sistemático

A retirada das plantas é feita a partir de maquinários agrícolas, tendo a linha da plantio (e não a espécie vegetal) como base de seleção. É conhecida como sistemática porque seu processo trabalha com a repetição de movimentos.

  • Desbaste combinado

É  processo mais procurado pelos agricultores como forma de melhorar a qualidade da plantação, e se caracteriza pela junção dos métodos sistemático e seletivo.

É importante lembrar que cada tipo de desbaste atende um tipo de produtor específico. Os processos são bem demarcados e cada fase se aplica em um determinado tipo de plantação (pequeno à grande porte).

Desbaste do plantio

Vantagens do desbaste

Dentre suas principais vantagens, o fato de eliminar pragas é o que mais se destaca. Isso porque, além de acabar com doenças que atinjam as plantas, também as previne do surgimento de outras novas.

Em um mercado consumidor que procura investir em alimentos de alta qualidade, optar pelo desbaste pode colocar o produto na frente – pois o método possibilita a colheita de mercadorias mais bem selecionadas.

Agro20 | Portal Vida No Campo