Oscilações no mercado podem afetar o preço do frango

Inicio » Agronegócio » Oscilações no mercado podem afetar o preço do frango
05/11/2020 Por
Oscilações no mercado podem afetar o preço do frango

Valorização das carnes no mercado internacional reflete também no preço do frango. O mercado internacional, através das exportações, bem como o custo da alimentação dos animais, podem influenciar no preço final das carnes, inclusive no preço do frango.

Assim, um bom volume de exportação pode dar sustentação ao preço do frango. Isso ajuda a manter o mercado em movimento, mesmo em um momento onde a pandemia do Covid-19 atinge o mundo e prejudica alguns serviços.

Preço do frango

O preço do frango no mercado nacional apresentou um certo comodismo nos primeiros meses de 2020. Isso se aplicou tanto para o preço do frango vivo quanto para os cortes no atacado. De acordo com informações da Scot Consultoria, em São Paulo, no mês de maio de 2020, o preço do frango vivo na granja ficou estável, custando em torno dos R$3 o quilo.

Situação diferente era observada em meados de novembro de 2019, onde o preço da ave abatida chegou a ser comercializado por R$4,74/kg. Nesse momento, o frango acompanhava a valorização das carnes, principalmente no mercado internacional.

Essa estagnação nos preços nos primeiros meses de 2020 foi influenciada, principalmente, pela pandemia do Covid-19. A pandemia que atingiu o mundo mexeu com as balanças comerciais.

Nos períodos que se seguiram, a alta nos preços dos insumos de nutrição animal, como o milho e o farelo de soja, também colaboram para uma oscilação dos valores da carne. Apesar disso, até maio de 2020, as exportações continuaram com um cenário positivo, tendo como principal destino a China.

Na última semana do mês de maio de 2020, por exemplo, em São Paulo, no atacado, o preço do frango congelado – no caso dos cortes congelados -, como o peito de frango ficou em torno de R$4,40 kg e, para distribuição, em torno dos R$4,50. Já o preço do frango resfriado, no atacado, em torno de R$4,50kg do peito e na distribuição R$4,60.

Preço do frango

Preço do frango caipira

O frango caipira se diferencia dos frangos de criação industrial, tanto na criação quanto no preço. Porém, o nicho do frango caipira ainda não compete com o frango industrial em larga escala. Porém, é um mercado crescente e atraente, visto o sabor e a forma de criação da ave nas fazendas.

Por isso, muitas vezes, o valor de uma ave caipira pode chegar a custar 20% mais caro do que as aves de criação industrial. Dessa forma, um frango caipira, no supermercado, pode chegar – ou ultrapassar – os R$12 o quilo. Enquanto isso, um frango normal pode custar menos de R$5 o quilo.

Dessa forma, além das quantidades destinadas à exportação, as vendas internas se mantiveram aquecidas até o mês de maio de 2020. Isso, devido às redes atacadistas e de varejo, que garantiram suas compras para manter os estoques.

Entretanto, apesar do cenário que paralisou muitas atividades, as exportações da carne de frango mantiveram uma alta de 5,1% nos primeiros quatro meses de 2020, comparado ao mesmo período de 2019, de acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Nesse cenário, o preço do frango vem oscilando nos primeiros meses de 2020 e esse desempenho, é resultante de consequências trazidas pela pandemia, acompanhando a sazonalidade.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo