Serragem é formada por pequenas lascas e pó de madeira

Inicio » Agronegócio » Serragem é formada por pequenas lascas e pó de madeira
23/08/2020 Por
Serragem é formada por pequenas lascas e pó de madeira

A serragem tem muita funcionalidade e ótimo custo benefício para emprego na criação de animais, bem como em outras atividades econômicas. Consiste em pequenas lascas ou pó de madeira.

Além disso, a biomassa proveniente da serragem pode ser utilizada na produção de biogás ou para queima e também na jardinagem. Essa versatilidade discorre de suas propriedades higroscópicas e também térmicas.

Serragem

O que é serragem?

Serragem é o subproduto da atividade de serralheria de madeira. A partir do questionamento sobre o que é serragem, é possível inferir alguns sentidos. Pode ser chamada de serragem o pó da madeira ou os detritos de rochas provenientes do corte destes materiais.

Tal produto é amplamente utilizado para a criação de gado, suínos e aves. Ela é utilizada para forrar os locais onde esses animais devem dormir, de modo a oferecer um isolamento e conforto térmico ao animal.

Por meio do correto acondicionamento dos animais em baias apropriadas ao seu tamanho, as serragens são fornecidas para aquecimento do animal. Este é o exemplo mais prosaico de uso do produto. Já a serragem proveniente de rochas é muito utilizada na construção civil.

Aplicações da serragem

Para que serve a serragem? O produto possui diversas aplicações diferentes e vale a pena pelo seu preço muito viável em pacotes.

Os resíduos de madeira são ricos em celulose e contribuem para fornecimento de matéria orgânica para vasos de flores e horticultura. Além disso, facilitam a drenagem dos solos. Também são colocados em baias de animais para forração do chão batido, oferecendo conforto térmico ao animal, e também para a absorção da urina, evitando a incidência de insetos como moscas e varejeiras.

Pode ser aplicada a serragem para composteira. A serragem empregada nesta atividade garante a aeração de leiras e montes de composteiras. Podem ser provenientes de doação de serragem, pois muitas vezes são descartadas sem serem comercializadas. Para conseguir doação, basta entrar em contato com empresas que sejam serralheiras.

O produto é utilizado para a manutenção de cativeiros tanto de animais de grande porte, quanto para animais pequenos, de estimação. Um exemplo disso é a serragem para hamster. Ela evita o cheiro característico da urina desses animais quando substituída diariamente.

A compra do pacote de serragem pode vir com outros itens de interesse, como palha. O saco de serragem também é empregado aos roedores maiores. A serragem para coelho auxilia ainda na redução dos dentes a partir do hábito do coelho de roer pedaços de madeira. Isso é fundamental para o crescimento e desenvolvimento do animal.

Serragem

Demais usos da serragem

Outro uso da serragem pode incluir a sua queima. São partículas menores de madeira que têm o aumento da superfície de contato que queimam facilmente a baixas temperaturas, podendo ser empregada a serragem para defumação.

A defumação ocorre devido à formação de fuligem advinda da queima de madeiras sem resina, e infere sabor a carnes, queijos e algumas iguarias. Portanto, podem ser adquiridos para tal fim o saco de serragem, o qual pode ser comercializado nas próprias serralherias ou então em comércios secundários (mercados).

A serragem de madeira pode ser utilizada na fabricação de artesanatos, bem como o pó da madeira é empregado para a produção de MDF ou compensados. Esses materiais também são conhecidos por munha e têm alta porosidade. Essa porosidade fornece a propriedade de higroscopicidade da madeira, a qual incha com a incidência de umidade.

São materiais de qualidade, mas muitas vezes podem ser fragilizados quando submetidos a climas úmidos ou derramamentos de líquidos. Esses materiais estão presentes até mesmo na indústria de móveis, são empregados para fabricação de roupeiros, escrivaninhas, bidê, entre outros. O MDF ou MDL costumam ter preços mais acessíveis para consumo.

Tipos de serragem

Existem serragens que são inúteis, pois são originadas de madeiras com resina. Deste modo, se torna inviável a aplicação desta na maioria das finalidades citadas anteriormente. Caso utilizada a serragem proveniente de árvores como o eucalipto para a adubação de plantas, a resina presente na espécie pode comprometer o desenvolvimento da flor e folhas ou até inibir.

Então deve-se ter ciência que nem toda a serragem originada de diferentes madeiras é aplicada a qualquer utilidade. As serragens provenientes de outras espécies podem ser empregadas para forração de vasos de planta juntamente ao solo, mas devem ter cuidados especiais e atenção redobrada.

Primeiramente, a serragem é capaz de manter o solo úmido por mais tempo. Esse fator, associado a altas temperaturas, pode desencadear a proliferação de microrganismos. Deste modo, o emprego de serragem para plantas deve ser apenas em locais de baixas temperaturas, a fim de evitar o apodrecimento de raízes.

Entretanto, para compostagem, é benéfico, visto que o objetivo dessa prática é a degradação de matéria orgânica para transformação em humus. Porém, temperaturas muito altas podem comprometer a vida dos organismos unicelulares, devendo ser regulados e observados.

Essa regulação é feita por meio de revirar a leira ou ainda adicionar água, aerando o solo e regulando a temperatura da montanha de compostagem.

Outra técnica eficiente para produção de adubo é acrescentar minhocas, sendo que as mais indicadas são as californianas. Esse processo requer uma estrutura com barreiras que evitem que as minhocas da vermicompostagem escapem, e também deve evitar a insolação direta.

Em contrapartida, elas mesmas realizam a aeração da terra. Neste processo, pode ou não haver a utilização de serragem.

Serragem

Orientação correta

Seja qual for a atividade realizada, em leiras para fabricação de adubo e reaproveitamento da matéria orgânica ou em vasos de flores, é importante a procura pela orientação de agrônomos.

A serragem também pode ser empregada de maneira paisagística, em meio a vasos de plantas. Ela é adotada para remeter a ambientes mais aconchegantes e rústicos, visto o conforto térmico que ela é capaz de proporcionar. São comumente usados para a beira de piscinas e ao redor de quiosques para veraneio. Portanto, este subproduto da atividade de serralheria é acessível e possibilita uma diversidade de aplicações, tanto decorativas quanto econômica

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo