Caruncho é inseto daninho comum em alimentos e na madeira

Inicio » Meio Ambiente » Caruncho é inseto daninho comum em alimentos e na madeira
19/02/2019 Por
Caruncho é inseto daninho comum em alimentos e na madeira

O caruncho é um conhecido indesejado de quem trabalha quem cozinha. O inseto é especialista em encontrar alimentos e se apossar deles. Ao contrário do que pensam, ele não surge na comida como uma bactéria. Ele vem da falta de higiene do local onde ficam os alimentos. Desse modo, é chamada a atenção do inseto até o armário e a comida que esteja armazenada ali.

Além de seu trabalho pela busca de alimentos, o caruncho também gosta bastante de se apossar de papéis e madeiras. No caso da madeira, ele acaba entrando por dentro dela e a deteriorando. Assim, a torna muito frágil e quebradiça.

  1. O que é caruncho?
  2. Caruncho no milho
  3. caruncho na farinha de trigo
  4. Faz mal comer feijão com caruncho?
  5. O que causa o caruncho?
  6. O que fazer para acabar com caruncho?
  7. Limpeza para eliminar carunchos
  8. Prejuízos causados pelo caruncho na agricultura
  9. Como evitar o ataque do caruncho na plantação?
  10. Semente de copaíba contra o caruncho
  11. A resistência do caruncho
  12. Cuidados com carunchos em estoques e armazenamento

caruncho

O que é caruncho?

O caruncho é um inseto conhecido por deteriorar diferentes materiais e alimentos. Isso se dá pelo fato de ele pertencer a mais de uma classe de insetos: os fitófagos e xilófagos.

A parte fitófaga do animal é responsável pela aproximação ao alimento e a sua danificação. Já a parte xilófaga é responsável pela busca por papel e madeira.

O caruncho adulto geralmente é o chefe do trabalho. Pois, além de se alimentar dos cereais, o inseto mais experiente abre caminho para a passagem dos mais novos. Este bicho é considerado um dos mais ágeis para invadir alimentos.

Ao perfurar a barreira plástica e invadir o cereal, o caruncho adulto libera seu ovo dentro do alimento para uma possível proliferação. As pragas consideradas filhotes entram por dentro dos grãos e só saem dali quando adultas.

Caruncho no milho

Os carunchos não estão apenas restrito a zona urbana. Sua presença pode chegar a tingir alimentos ainda no mesmo campo. É o caso do milho. Neste caso, antes mesmo de chegar a empresas para distribuição, o produto já é recolhido e descartado.

Caruncho na farinha de trigo

Carunchos atacam alimentos de massa. Mas, por muitas vezes não terem uma parte interna, acabam ficando apenas entre os vãos que ali possui. Como no caso do macarrão penne.

Existem formas de armazenamento para evitar o ataque de carunchos aos alimentos. Essas formas são:

  • Gastoxin: No campo, a utilização deste inseticida é muito comum. A fim de eliminas as pragas, agricultores aplicam o produto antes mesmo de existirem sinais dos tais insetos.
  • Banha de porco: Um método eficaz é a utilização de banha de porco. O uso da gordura afasta os insetos.
  • Recipiente de vidro: Um método simples e eficaz é o uso de recipientes de vidro. Os insetos não conseguem chegar até o alimento. O ponto negativo é que em caso de grandes quantidades é quase que impossível armazenar os produtos dessa forma.

Mesmo não trazendo malefícios para saúde e nem sendo capazes de transmitir doenças, a indústria alimentícia não vende e nem compra produtos com a presença de carunchos.

Isso porque, o simples fato de estar em um pacote de alimentos, já pode representar algo prejudicial para a imagem da empresa que comercializa o produto.

Faz mal comer feijão com caruncho?

Como vimos, o caruncho é um inseto que ataca e danifica diversos tipos de alimentos. Seja no campo, nas prateleiras de mercados ou nas residências. Por isso, esse tipo de inseto é visto como uma praga. Além disso, é bastante prejudicial para a economia.

Para compreender o que é caruncho, basta ter em mente que ele é um inseto semelhante ao cupim. Isso porque ele costuma danificar e comer os grãos e alimentos. Além disso, ele pode também atacar papel e madeira.

Muitas pessoas se perguntam se o caruncho faz mal e se pode prejudicar a saúde.

A fim de esclarecer isso, é possível afirmar que o caruncho não pode causar intoxicações e nem doenças, sendo apenas uma praga que destrói e danifica os alimentos.

Fora isso, não existem riscos à saúde e nem possibilidades de intoxicações ou qualquer outro problema digestivo. Portanto, não faz mal comer feijão com caruncho. Desde que, é claro, você elimine as pragas e os grãos comprometidos e cozinhe apenas os grãos que estão bons.

O caruncho pode atacar uma série de alimentos. Geralmente, ataca grãos ou massas. Exemplos: farinha de trigo, arroz, milho e outros vegetais.

O caruncho da farinha de trigo pode acometer a farinha em si, bem como produtos feitos à base de farinha, como o macarrão.

Da mesma forma, o caruncho do milho pode atacar os grãos ou a farinha de milho.

O mesmo ocorre com o caruncho do arroz, sendo esse um dos ataques mais comuns em residências. Isso exige uma higiene contínua e alguns cuidados.

É comum também existirem dúvidas acerca do surgimento dessas pragas. Por isso, abordaremos a seguir como surgem os carunchos. Para saber o que causa o caruncho, continue a leitura.

caruncho

O que causa o caruncho?

Para que se compreenda de onde vêm os carunchos, é necessário entender que esses insetos não surgem através da formação de micro-organismos e não têm origem microscópica. Por isso, o primeiro fator para evitar o surgimento dessa praga é a higiene.

Inicialmente, um alimento já pode conter ovos ou insetos demasiadamente pequenos para serem percebidos ao olho nu. Isso faz com que muitas pessoas acabem identificando a infestação depois de um certo tempo que o produto está armazenado nas prateleiras de casa.

Assim sendo, uma das formas de trazer o caruncho para a casa é através dos próprios alimentos. Nesses casos, é praticamente impossível identificar ou não a presença dos insetos. Depois de algum tempo, eles crescem e se multiplicam, aparecendo facilmente.

É bastante comum encontrar esse tipo de invasor em pacotes de arroz, farinha, massas, feijão, entre outros. Mas, não é algo normal o aparecimento do inseto e, se isso acontece, é porque alguns pontos básicos não estão sendo observados.

Sabendo o que causa o caruncho, é bastante simples seguir alguns passos para evitar esse tipo de inseto. Dessa forma, é possível manter os armários livres dessa praga que pode trazer prejuízos tanto para produtores, quanto para comerciantes e consumidores.

O que fazer para acabar com caruncho?

Conforme dito, a primeira coisa a ser feita para evitar o caruncho é a higiene adequada. Isso porque esse tipo de praga tende a surgir a partir das condições físicas do ambiente, seja na colheita, armazenamento ou pacote.

Primeiramente, é necessário observar o ambiente. Se, por acaso, você encontrar carunchos no ambiente do armazenamento dos alimentos, deve remover todos os produtos e fazer uma limpeza completa do local.

Portanto, se houver alimentos infestados, é necessário fazer o descarte do que está comprometido. Esses insetos se reproduzem rapidamente e tendem a infestar grãos sadios. Depois de descartar os produtos atacados, é preciso higienizar o local.

Limpeza para eliminar carunchos

Para fazer a limpeza é preciso, inicialmente, usar água e sabão. Misturar um pouco de água sanitária também pode ser uma boa ideia. Além disso, pode ser interessante terminar a limpeza com óleo de eucalipto ou, então, deixar uma quantidade de borra de café.

Essas opções são repelentes naturais e podem ser usados sem restrição. A borra de café deve ser substituída a cada 15 dias. Afinal, seu efeito repelente tende a diminuir até acabar se extinguindo.

Depois de ter um ambiente higienizado e de descartar os alimentos infestados, é preciso observar as condições físicas. Assim, é indicado que o ambiente seja bastante arejado. Isso independe se é o local de produção, comercialização ou armazenamento do consumidor.

Outro ponto importante é observar a validade dos alimentos e o seu pacote. Com uma embalagem perfeita que isole o produto, os riscos de atrair os insetos são menores. Da mesma forma, produtos vencidos atraem mais facilmente o caruncho.

Por isso, uma ótima alternativa para armazenamento é usar embalagens de vidro hermeticamente fechadas. Isso porque um pacote de plástico pode ser facilmente perfurado pelo inseto. Ele costuma corroer, até mesmo, grãos mais duros.

Outra forma de evitar surpresas desagradáveis é observar o pacote de um produto no ato da compra. Se o plástico apresentar pequenos furinhos, é possível que aquele produto esteja infestado desses insetos.

caruncho

Prejuízos causados pelo caruncho na agricultura

Sabendo que esse inseto possui reprodução rápida e pode afetar produções com a sua ação daninha, é comum que ele cause prejuízos. Por conta disso, inseticidas químicos geralmente são usados na produção agrícola de determinados grãos.

Entendendo o que é caruncho, torna-se muito importante tomar os cuidados necessários para evitar infestações e prejuízos. Isso porque existem casos em que produtores rurais precisam descartar todo um lote de produção infestado pela praga.

Esse tipo de situação causa um grande prejuízo ao produtor. Pode, inclusive, comprometer toda a lucratividade de uma safra. Da mesma forma, locais comerciais também podem sofrer prejuízos dessa espécie.

Imagine que uma empresa comercial adquire uma grande quantidade de arroz, milho ou farina de trigo, por exemplo. Nesse caso, no momento da compra, os produtos parecem estar perfeitamente normais. O que acontece é que, com o passar do tempo, o inseto se desenvolve e se torna visível.

No entanto, ainda é possível que esse inseto já esteja no estoque de um mercado. Acomete, assim, diversos tipos de produtos. Sem dúvida, causa grande prejuízo para o local. Por isso, é tão importante observar a higiene periódica desses ambientes.

O mesmo pode ocorrer com o consumidor final. Ao deixar o alimento armazenado em casa, acaba se deparando com uma infestação. Portanto, os prejuízos causados pelo caruncho podem acometer o produtor, o distribuidor e, também, o consumidor final.

Sabendo como surgem os carunchos, é de suma importância contar com um ambiente higienizado, arejado, livre de umidade. Ainda assim, é recomendado manter sempre produtos novos estocados e armazenados. Uma forma de facilitar isso é usar o sistema FIFO na gestão de estoque.

Como evitar o ataque do caruncho na plantação?

O uso de inseticidas químicos precisa ser controlado. Caso contrário, pode trazer danos à saúde. Por conta disso, utilize métodos alternativos e naturais para o controle e prevenção do caruncho. Isso é algo de grande utilidade.

Compreendendo de onde vem o caruncho, é importante saber que, para o consumidor final, a higiene e o uso de repelentes naturais são muito importantes. Dessa forma, produtores podem utilizar métodos como o uso da borra de café e do óleo de eucalipto.

No entanto, para o produtor, existe um método bastante recente, que é o uso da semente de copaíba. A copaíba é uma árvore que pode chegar a 30 metros de altura. É bastante comum na Mata Atlântica e no Cerrado. Uma proteína presente na semente dessa árvore atua inibindo o metabolismo do inseto.

Além disso, essa proteína também controla o crescimento da larva. Essa descoberta pode favorecer o desenvolvimento de um inseticida natural, podendo auxiliar o produtor de diversos tipos de grãos.

Dessa forma, a produção de feijão que costuma ter de 30% a 40% de perda por conta do ataque do caruncho pode ser bastante beneficiada. Esse prejuízo costuma acometer também o plantio de arroz, milho, trigo e soja.

Isso ocorre porque uma fêmea do caruncho é capaz de botar, em um só grão, cerca de 70 ovos. Evidentemente, o uso de inseticidas não consegue garantir uma eficácia total, fazendo com que uma parte da produção seja comprometida pela praga.

Portanto, a proteína presente na semente de copaíba atua como um inibidor do sistema digestivo do carunch. Isso evita que o inseto consiga se alimentar. Isso faz com que, ao passar dos dias, o inseto fique sem se alimentar e acabe morrendo.

Vejamos, a seguir, mais detalhes sobre a semente de copaíba e seu combate aos carunchos.

caruncho

Semente de copaíba contra o caruncho

Sabendo do efeito devastador desse inseto na produção agrícola de grãos, torna-se muito importante conhecer os melhores métodos de defesa. Desse modo, a semente da copaíba pode vir a oferecer uma nova forma de defender naturalmente as plantas.

Isso porque essa proteína presente na semente não apresenta toxicidade para o ser humano. Segundo os estudos realizados, a proteína é bastante similar à existente no feijão. Assim, não oferece qualquer risco ao organismo humano.

No entanto, cientistas ainda precisam elaborar mais estudos sobre esse tipo de proteína. Em outras palavras, serão necessárias mais análises e elaborações de como aplicar essa substância com a finalidade de evitar a proliferação da praga.

Compreendendo de onde vêm os carunchos, tenha em mente que o ambiente precisa ser tratado sempre. Por isso, usar métodos naturais pode ser uma boa ideia. Assim, se elimina a toxicidade ao ser humano.

Existem também outros métodos caseiros que o produtor pode usar para evitar prejuízos ao consumidor final. Um deles é o uso do louro, por exemplo. Colocando-se duas folhas de louro dentro de um pacote, é possível retardar a reprodução do caruncho.

A resistência do caruncho

Os produtores devem controlar o caruncho logo na sua fase produtiva. Isto porque se trata de uma praga agrícola. Mas, não é sempre assim que isso acontece. Geralmente, quando um lote de alimentos é infestado, a sua origem se deu logo na produção e silagem.

Isso mostra que esse inseto é altamente resistente. Tal fato faz com que os produtores, muitas vezes, nem percebam a sua presença em um lote de grãos.

Dada a sua resistência, por vezes, o caruncho acaba chegando aos estoques de mercados e casas dos consumidores. Aí é que ocorrem as infestações em armários e despensas residenciais, trazendo prejuízos irreversíveis.

Apesar de não serem uma ameaça à saúde humana, os carunchos podem oferecer algum risco de contaminação. Isto porque eles carregam fungos e outros parasitas. Isso se torna, portanto, um risco que prejudica muito o agronegócio.

Esses insetos se originam logo nos processos de produção agrícola e acabam sendo transportados dentro dos pacotes. Então, é muito importante observar sempre esse aspecto. Afinal, um pacote com carunchos pode comprometer um estoque completo.

Isso porque, quando os insetos se alimentam o suficiente, a tendência é que eles perfurem o pacote para procurar novos locais e grãos a fim de garantir a procriação. Nesse sentido, compromete-se completamente todo um estoque caso não haja higiene periódica.

Por isso, é de suma importância fazer limpezas nas gôndolas e estoques de mercados. Além de limpar, é necessário observar a presença de furinhos. Procure também por pó acumulado no fundo dos pacotes. Isso demonstra a presença do caruncho.

caruncho

Cuidados com carunchos em estoques e armazenamento

Como foi possível observar, ter um cuidado especial com o estoque e armazenamento de alimentos em locais comerciais é importante. Isso porque estoques e gôndolas de mercados oferecem as condições ideais para a reprodução dos insetos.

A alta umidade e a temperatura adequada (geralmente entre 10 ºC e 38 ºC) são fatores que potencializam a reprodução do caruncho. Por conta disso, é muito importante realizar vistorias periódicas – pelo menos uma vez por semana.

Assim, é possível identificar alterações nos produtos da prateleira e do estoque. Ao identificar a ocorrência de caruncho com antecedência, é possível evitar que grandes prejuízos venham a acometer o caixa de um local comercial.

Fazendo limpezas constantes, mantendo o ambiente bem arejado e livre de umidade, a reprodução dos insetos acaba sendo controlada. Você obtém melhores resultados prevenindo, não remediando, como diz o ditado.

Seguindo todas essas orientações, é possível evitar infestações de caruncho que podem comprometer o estoque de um local comercial.

Agro20 | Portal Vida No Campo