Pastor de shetland é um cão excelente em atividades de pastoreio

Inicio » Pecuária » Pastor de shetland é um cão excelente em atividades de pastoreio
12/04/2021 Por
Pastor de shetland é um cão excelente em atividades de pastoreio

Diversas raças de cães compõem a lista dos mais habilidosos para trabalhos com pastoreio. O pastor de shetland está entre os animais que desempenham o papel com excelência, ou seja, são ótimos aliados na atividade do campo.

O pastor de shetland é um cão muito inteligente e ágil, além de ser brincalhão e ter ótima relação com os humanos. Então, vamos conhecer algumas características dessa raça e aspectos importantes de sua personalidade.

Características do pastor de shetland

Os cães da raça pastor de shetland são animais cheios de energia. Esse é um aspecto bastante marcante da raça, pois contribui diretamente para que seja um ótimo cachorro para pastoreio.

Eles vivem, em média, 14 anos e precisam de uma rotina com exercícios regulares para se manterem saudáveis. Além disso, são animais pequenos, que atingem 37 centímetros na fase adulta, chegando a 7 quilos.

Uma característica importante da personalidade desses animais é que são cães de guarda, que são atentos ao que acontece ao redor e têm apego moderado aos seus tutores. No entanto, são cães fáceis de serem treinados e isso favorece o pastoreio, pois aceitam comandos com bastante obediência e atenção.

pastor de shetland no meio da flores, olhando pra câmera

Quando o assunto é inteligência, o pastor de shetland se destaca. Não à toa, essa raça está sempre envolvida em competições de cães, demonstrando ter habilidades e que sabe seguir aos comandos de treinadores.

Diferentes tipos de cães pastores

Entre os cães de pastoreio, o Pastor de Shetland é bastante leve e pequeno. Isso, claro, se compararmos a animais grandes, tais como o Pastor Alemão e o Kuvasz. O pastor alemão chega a 65 cm de altura e pesa até 40kg, do mesmo modo, o Kuvasz ultrapassa 45kg e passa os 70cm.

A menor estatura não impede que os shetlands desempenhem o pastoreio com menos sucesso. Ao contrário disso, são cães ágeis e atléticos, características fundamentais para condução e proteção de animais como ovelhas, por exemplo.

Cães pastores precisam ser leais e atentos, afinal essas qualidades permitem que os animais estejam em sintonia com os comandos dos pecuaristas e saibam o momento de entrar em ação.

Importância do pastoreio no agronegócio

No Brasil, a principal maneira de criação de animais como gado, por exemplo, se dá por meio da pastagem. Em outras palavras, 95% do maior rebanho comercial do mundo – o rebanho brasileiro – se dá com criações que utilizam a pastagem para alimentar os animais.

O manejo desses pastos é fundamental, já que garante gramíneas saudáveis e nutritivas para os animais. A partir disso, seja qual for o manejo adotado, a condução dos animais para rodízios de pasto é uma tarefa regular em propriedades rurais.

Diversos produtores optam pelo apoio de animais treinados para cumprir essa tarefa. Ou seja, cães habilidosos e inteligentes entram em ação. Atualmente, a prática de pastoreio não é tão frequente quanto era há anos. Ainda assim, muitos cães pastores colaboram com a tarefa.

Por fim, não são todas as raças de cães que se dariam bem no pastoreio, diferentemente do pastor de shetland. Trata-se de um animal obediente e com ótimo aspecto físico e, portanto, um pastor pra lá de eficiente.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo