Acidulantes têm ampla utilização no mercado alimentício

Home » Agronegócio » Acidulantes têm ampla utilização no mercado alimentício
03/02/2019 by
Acidulantes têm ampla utilização no mercado alimentício

Acidulantes são muito utilizados no setor alimentício, podendo melhorar sabores e tornar produtos mais bonitos aos olhos do consumidor

Os acidulantes fazem parte das substâncias mais usadas no setor alimentício. Com a constante evolução do ramo e o mercado mais disputado no Brasil, empresas estão cada vez mais interessadas em entregar produtos de melhor qualidade.

Hoje, quase que de maneira indireta, os acidulantes são bem aceito pelos consumidores. Sobretudo, produtos que utilizam deste recurso geralmente figuram entre os favoritos na hora da compra. Isso inclui itens como carnes, açúcares e sucos concentrados, entre outros.

Acidulantes são usados na produção de doces e balas

O que é acidulante?

Os acidulantes podem ser definidos como substâncias que melhoram a qualidade e aparência dos produtos. Isso, quando aplicados na intensidade e de maneira correta. Seu uso controlado aumenta a acidez dos produtos. Além disso, é muito utilizado no combate aos microorganismos que possam estar presentes nos alimentos.

Qual a função dos acidulantes?

A função dos acidulantes vai além de deixar determinados produtos – como o refrigerante – com característica mais ácida. A aplicação na carne vermelha, por exemplo, pode deixá-la mais bonita e, consequentemente, mais atraente aos olhos do consumidor.

A utilização dos acidulantes também aparece na indústria farmacêutica e, neste caso, o produto tem a função de desacelerar e evitar a oxidação dos remédios.

Exemplo de acidulantes

  • Ácido cítrico: Retirado das frutas cítricas, é um dos ácidos orgânicos mais populares. Sua utilização serve para dar acidez ao doce. Entretanto, no caso de bebidas que contém aroma de frutas, a utilização vem para dar robustez a bebida, tornando o sabor mais próximo de frutas como a laranja e o limão.
  • Ácido acético: Fabricantes de alimentos trabalham com este ácido na produção de comidas que necessitam de conserva ou sabor mais picante, como a azeitona e o vinagre. Além disso, este ácido também é comum no controle da propagação de bactérias.
  • Ácido fosfórico: Este é um ácido bastante presente em alimentos a base de cola – como o refrigerante e sucos artificiais. Sendo assim, o ácido fosfórico é um dos acidulantes mais consumidos pela industria alimentícia.
  • Ácido fumárico: É ligado a produção de doces como balas e chicletes. Assim, este orgânico é muito utilizado por empresas com foco na produção de alimentos para consumo infantil.
  • Ácido lático: Compondo alimentos como a cerveja e o queijo, o orgânico é muito utilizado por produtores de bebidas.

Acidulantes

Assim como o qualquer outra substância, o excesso no consumo deste ácido orgânico pode fazer mal para a saúde, visto que os alimentos que utilizam desta substância possuem alto teor calórico. Já o ácido inorgânico não foi feito para consumo, pois seu uso pode levar a morte. De modo geral, sua utilização é específica para a indústria de produtos de limpeza e para a produção de fogos de artifício.

O comércio destes acidulantes é feito com frequência em comércios físicos e até pela internet. Porém, na hora da utilização o cuidado deve ser excessivo – já que, quando em pó, o contato com a pele é perigoso, podendo gerar graves lesões.

Após polêmica de 2012 envolvendo a índia e que, consequentemente, abalou a exportação mundial, o mercado brasileiro tem voltado aos poucos a se estabelecer na exportação de acidulantes. Atualmente, as maiores vendas de acidulantes são direcionados para o próprio mercado brasileiro.

Agro20 | Portal Vida No Campo