Azedinha é planta rica em antioxidantes e pode ser consumida na salada

Inicio » Agricultura » Azedinha é planta rica em antioxidantes e pode ser consumida na salada
29/08/2019 Por
Azedinha é planta rica em antioxidantes e pode ser consumida na salada

Os antigos gregos e romanos já incluíam a azedinha na dieta e, portanto, conheciam os benefícios oferecidos pela planta

A azedinha é consumida há centenas de anos em países europeus e asiáticos. A planta possui um efeito ácido, por isso muitas pessoas a utilizam quando sentem um desconforto estomacal.

A planta azedinha é muito versátil e pode ser utilizada de diversas maneiras na alimentação. O vegetal pode compor saladas cruas assim como ser cozido junto com outros legumes. Suas folhas podem ser fatiadas e salpicadas em sopas, dando um frescor ao prato.

azedinha

O que é azedinha?

Azedinha é uma planta bastante popular, de nome científico Rumex Acetosa. A espécie é utilizada desde a antiguidade em regiões da Europa e da Ásia. Também chamada de azeda, língua de vaca ou azedinha do brejo, a planta oferece diversos benefícios para o consumo humano.

A história conta que os gregos costumavam ingerir o vegetal para melhorar a digestão. Muitas pessoas, portanto, se alimentam da espécie devido ao seu sabor ácido e alta concentração de antioxidantes.

Algumas características da planta azedinha são as suas folhas compridas e largas. Além disso, a espécie não possui estatura muito alta, alguns exemplares alcançam no máximo os 60 centímetros de altura.

Benefícios da azedinha

A azedinha possui muitos benefícios para o consumo e os povos mais antigos já sabiam disso. Assim, confira algumas vantagens que a planta oferece:

  • Rica em magnésio e potássio
  • Também possui vitamina C, por isso é indicado que seja consumida fresca e crua
  • Auxilia nos problemas intestinais
  • Previne a bronquite e aumenta o apetite
  • O efeito da planta no organismo é diurético e adstringente

azedinha

Como servir a azedinha?

Quer conhecer mais receitas com azedinha? O vegetal é muito versátil e, portanto, pode ser consumido de diferentes maneiras. Basta usar a criatividade. Conheça algumas dicas para utilizar o vegetal na gastronomia:

  • As folhas podem ser consumidas cruas, na forma de salada de azedinha
  • Algumas pessoas cozinham as folhas com espinafre
  • Pode-se aproveitar o vegetal em outras receitas, como na massa de panquecas
  • Outra dica é utilizá-las em sopas e purês
  • As folhas podem ser utilizadas no preparo de vinagretes, assim como acompanhamento para peixes
  • Outra dica é utilizar o vegetal como amaciante para carnes.

Os componentes da azedinha

Um estudo realizado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) descobriu que a raiz da azedinha possui uma alta concentração de antioxidantes. Estas substâncias são importantes pois previnem problemas cardiovasculares, assim como alguns tipos de câncer.

azedinha

Ainda de acordo com o estudo, a raiz da azedinha possui cerca de cem vezes mais concentração do antioxidante resveratrol. Contudo, o seu consumo não é indicado, pois existe o risco de intoxicação.

em relação às folhas, cerca de um quilo possui aproximadamente 0,4 mg de antioxidante. Sendo assim, a planta é comparada ao suco de uva, que possui a mesma propriedade.

Outro ponto positivo da azedinha é o seu efeito protetor sobre o fígado. Para que o vegetal realmente faça efeito sobre as células, então, é necessário o consumo de uma xícara da planta pelo menos três vezes por semana.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo