Crucíferas têm nutrientes importantes e beneficiam a saúde

Inicio » Agricultura » Crucíferas têm nutrientes importantes e beneficiam a saúde

Ricas em nutrientes, essas plantas são muito importantes para a alimentação humana

18/02/2019 Por
Crucíferas têm nutrientes importantes e beneficiam a saúde

Crucíferas têm couve, brócolis e repolho entre seus nomes de maior popularidade

Você provavelmente já comeu – ou pelo menos ouviu falar – sobre as crucíferas. Elas são plantas extremamente importantes para a alimentação humana e também para a produção de óleos e gorduras vegetais. E, apesar de serem próprias dos países temperados e frios, são cultivadas quase no mundo todo.

Muitas das espécies de crucíferas – principalmente as que fazem parte da nossa alimentação – são ricas em nutrientes, vitaminas e minerais. Por isso, participam do grupo de alimentos que auxiliam no funcionamento do nosso organismo e são ótimas para a saúde.

Plantas crucíferas

O que são crucíferas?

O grupo que engloba a planta crucífera é grande. Elas correspondem a uma família cuja grande maioria é herbácea. São divididas em cerca de 3.200 espécies, entre as quais estão a couve, o repolho, o brócolis, o nabo, a rúcula e o agrião. A maioria delas possui forma de cruz em sua superfície (como o próprio nome já indica). Por isso, algumas são parecidas entre si, como é o caso da couve-flor e do brócolis, por exemplo.

As crucíferas são também ricas em antioxidantes. Ou seja, impedem a ação dos radicais livres, evitando, assim, o envelhecimento das células e prevenindo o câncer. Por isso, são essenciais para a alimentação de quem quer manter uma vida saudável. Além disso, possuem ação anti-inflamatória, diminuindo os riscos de problemas no coração. Também fortalecem o sistema imunológico, protegendo o organismo de doenças.

Embora possuam inúmeros benefícios para a saúde, e mesmo que essa suspeita ainda não tenha sido confirmada, os vegetais crucíferos são relacionados a problemas na tireoide. Por isso, os especialistas recomendam evitar exageros na hora de consumi-los.

Os melhores vegetais crucíferos para a saúde

Crucíferas

Eles estão presentes em diversas receitas. Afinal, podem ser consumidos crus, em saladas, cozidos ou até mesmo em caldos e sopas. Confira, abaixo, três de suas principais espécies e seus benefícios:

  1. Couve
    Ela é uma das folhas com maior valor nutricional para o organismo. É rica em minerais como cálcio, potássio e ferro, bem como em vitaminas A, B e C, além de desintoxicar o organismo, melhorar a saúde do coração e fortalecer o sistema imunológico.
  2. Repolho
    Além de ser rico em vitaminas C e K, potássio, magnésio e ácido fólico, o repolho possui um baixo teor de carboidratos, sendo um grande aliado do emagrecimento.
  3. Brócolis
    Famoso por ser um alimento antioxidante, esse vegetal é também rico em fibras e possui um alto valor nutricional. Por se adaptar facilmente ao sabor de outros alimentos, pode estar presente em diversos tipos de receitas.

Um dos tipos de crucíferas

Como preparar crucíferas?

Para preparar vegetais crucíferos, o ideal é seguir algumas etapas para não deixar que seus benefícios se percam:

  • inicie o pré-preparo pouco tempo antes do consumo;
  • não divida os vegetais antes de prepará-los, para preservar as vitaminas e os minerais;
  • use a quantidade de água necessária apenas para cobrir as hortaliças, para não perder as substâncias solúveis, como proteínas, vitaminas e sais minerais;
  • não cozinhe com bicarbonato de sódio;
  • no caso da couve-flor e do brócolis, cozinhe-os com o talo para baixo.

Embora seu cultivo seja simples, as crucíferas preferem temperaturas mais baixas. Além disso, são sensíveis a doenças, pestes e fungos e podem facilmente ser atacadas por lagartas ou escaravelhos.

Agro20 | Portal Vida No Campo