Gergelim é semente versátil na culinária e cheia de benefícios à saúde

Inicio » Agricultura » Gergelim é semente versátil na culinária e cheia de benefícios à saúde
26/08/2019 Por
Gergelim é semente versátil na culinária e cheia de benefícios à saúde

Gergelim conta com propriedades medicinais e tem versatilidade a culinária

O gergelim é consumido de inúmeras maneiras. Enquanto para alguns o ideal é comer um brioche quentinho com a semente pela manhã; há quem prefira jogar um punhado dela sobre um belo prato de salada.

No entanto, se deliciar com um cheeseburguer feito no pão com gergelim ainda é uma das formas mais populares de consumo desta semente, Independentemente disso, é importante saber que o ingrediente é rico em nutrientes e pode beneficiar bastante a nossa saúde.

Gergelim pode ser utilizado em pratos diversificados

O que é gergelim?

Gergelim é uma semente pequenina, cultivada há mais de 5000 anos em nosso planeta. Além de ser utilizado como alimento, algumas civilizações já atribuíram o poder medicinal à sementinha. Ela pode ser consumida crua, com óleo e até mesmo com manteiga.

Quais são os benefícios do gergelim?

Entre as propriedades do gergelim se destaca uma série de benefícios importantes. Diversas pesquisas apontam que devido ao seu notável teor de fibras, a semente pode melhorar o funcionamento do intestino. Isso porque elas representam até 10% de cada porção das sementes, o que possibilita que sua ação regulatória do órgão.

Além disso, receitas com gergelim são ricas em proteína. Na proporção, as proteínas representam o dobro do valor de fibras presente no alimento; ou seja, 20% por porção. Dessa maneira, podem auxiliar na síntese muscular e no metabolismo de nosso fígado.

Até mesmo por isso, especialistas apontam que ele pode ser extremamente benéfico para aqueles que querem ganhar músculos e perder peso.

As proteínas aceleram o metabolismo e ajudam no crescimento muscular. Como resultado, é possível observar uma considerável perda de gordura e aumento da massa magra. Além disso, a fibra também possui papel fundamental neste processo.

Além de auxiliar na evacuação, ela ainda auxilia para que o nosso organismo absorva os carboidratos de maneira lenta, o que nos deixa com a sensação de saciedade durante mais tempo, fazendo com que não tenhamos fome e, consequentemente, demoremos mais para nos alimentar.

Ainda podemos citar uma variedade enorme de propriedades do gergelim, como a melhora na saúde dos cabelos e da pele, devido a ação dos antioxidantes que combatem os radicais livres espalhados por nosso corpo deixando os fios saudáveis e prevenindo o envelhecimento precoce.

Estes mesmos antioxidantes também são responsáveis pelo combate ao câncer. Eles se unem ao magnésio, mineral fortemente presente na semente de gergelim, e juntos eles evitam o desenvolvimento de várias células cancerígenas.

Por fim, é valido ressaltar que o o gergelim em grãos possui uma enorme quantidade de gorduras boas, o que é muito bom para o nosso sistema cardiovascular. Estas gorduras diminuem a quantidade de colesterol ruim, aumentando o colesterol bom, o que fortalece e dá vitalidade ao nosso coração.

Tipos de gergelim

Você por acaso sabia que existe mais de um tipo de gergelim? É isso mesmo, existe o gergelim preto e o gergelim branco, sendo que eles apresentam diferenças entre si. Além obviamente da cor, pesquisas apontam que o alimento de coloração preta possui muito mais vitamina A, cálcio e óleo que o de cor branca.

Sabendo um pouco mais sobre os tipos de gergelim, fica fácil escolher o melhor para você, não é mesmo? Apesar de envolver uma questão de gosto e ambos serem extremamente benéficos para nossa saúde, é evidente que o gergelim preto oferece um maior número de nutrientes ao organismo do consumidor.

Gergelim pode ser utilizado em pratos diversificados

Como devo consumir o gergelim?

A grande verdade é que não é uma tarefa tão difícil incluir o gergelim em sua dieta. Isso porque ele pode ser definido como uma espécie de complemento para variados alimentos, não alterando o gosto deles maneira muito radical.

Assim, além de ser utilizado em pães, ele também pode acompanhar uma porção de iogurte e até mesmo uma salada de frutas.  E os pratos salgados não ficam para trás. A semente pode ser adicionada à saladas ou na preparação de arroz ou carnes.

Outra opção é utilizar consumir o gergelim torrado e moído. Dessa maneira, ela se transforma em uma espécie de farinha, que é usada na panificação como ingrediente de massas de diversas receitas de pães e bolos. E para quem gosta da culinária árabe, vale saber que é com o gergelim que é produzido o tahine.

Trata-se de uma pasta muito usada como complemento de pratos doces e salgados. Ele pode ser feito com sementes descascadas ou integrais. Para muitos, versão integral é mais amarga, porém concentra maior quantidade de vitaminas, cálcio e proteínas.

Por fim e não menos importante, devemos dizer o gergelim é um dos ingredientes do gersal, produto que é ótimo para hipertensos. Isso por ele pode substituir o sal, possuindo uma quantidade muito menor de sódio.  Mas, apesar de o gergelim ser um alimento versátil e que permite diversas formas de aplicação e consumo, a melhor maneira de consumi-lo é in natura, ou seja, integral e sem torrar.

O alimento com casca ajuda a aumentar o movimento intestinal e ativa a circulação sanguínea na parede intestinal. Ainda é indicado armazenar as sementes de gergelim em um recipiente hermético em local seco e sem exposição à luz. Isso irá garantir maior frescor, além de preservar os nutrientes e evitar a rancificação de óleo da semente.

Contraindicações do gergelim

Apesar de apresentar uma diversidade enorme de benefícios para nossa saúde, nenhum alimento é perfeito. Assim, é importante que você tenha noção sobre os perigos do gergelim. Embora não haja uma regra específica, o ideal é que você não consuma mais de 30 gramas da semente por dia.

Gergelim pode ser utilizado em pratos diversificados

Além disso, devemos destacar que ele é contraindicado para pessoas que sofrem com colite, que é uma forte infecção no intestino grosso. Como dissemos, o alimento é riquíssimo em fibras, podendo alterar o modo como nosso intestino funciona.

Ele aumenta o bolo alimentar obtido após as refeições, além de impulsionar a realização dos movimentos intestinais. Dessa maneira, e com o intestino já debilitado, pode ser que o paciente sofra com graves complicações.

Como escolher e armazenar o gergelim

Encontrar o produto não é uma tarefa difícil. O gergelim pode ser facilmente comprado em lojas de produtos naturais, feiras ao ar livre e mercados. Geralmente, ele fica localizado na parte de produtos orientais, onde é comercializado em pequenas porções. Como dissemos, o ideal é armazená-lo em local arejado e fora do alcance de luz.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo