Preservação abrange uma série de conceitos e é muito importante

Inicio » Meio Ambiente » Preservação abrange uma série de conceitos e é muito importante
11/08/2020 Por
Preservação abrange uma série de conceitos e é muito importante

Preservação da natureza, do meio ambiente, da fauna e da flora é de extrema necessidade para o ser humano

preservação pode se desenvolver em diferentes áreas. Há também diferentes maneiras de conservar as qualidades ou a integridade das coisas. Existem, por exemplo, várias regras e leis que buscam proteger atrativos naturais e edifícios históricos.

Quando falamos de preservação, na maioria das vezes, pensamos na conservação do patrimônio natural e cultural. A verdade é que esse conceito e seu significado podem ser estendidos a outros campos. Podemos, por exemplo, preservar a integridade das pessoas.

Preservação

O que é preservação?

Preservação é um termo relacionado ao verbo preservar, cuja etimologia nos leva ao latim praeservāre. A ação de preservar consiste em cuidar, proteger ou defender algo com antecedência, com o objetivo de evitar possíveis danos ou deterioração.

Entender o que é preservação é entender que alguém ou algo é mantido protegido para evitar algum problema ou dano. Essa ideia é aplicável a todos os tipos de contextos e situações: pessoais, culturais, artísticas ou relacionadas à natureza.

Vale a pena aprofundar o significado do termo preservação. Como de costume, a etimologia fornece informações valiosas; distingue um conceito óbvio ao analisar o termo que afirma que existe um elemento ameaçado por um perigo ou problema.

O problema ameaçador é controlável e é possível tomar medidas com antecedência. É aí que o prefixo anterior faz sentido, antecipando o problema para que ele não ocorra.

A preservação do meio ambiente

Dentro da preservação do meio ambiente deve-se estabelecer medidas e ações que podem ser executadas. Faz-se isso para alcançar a conservação do meio em que vivemos. Entre essas ações, podemos destacar as seguintes:

  • Redução do gasto de energia, uma vez representada a redução significativa nas emissões de dióxido de carbono que são liberadas na atmosfera;
  • Promoção e uso das chamadas energias renováveis, que são limpas e não poluem enquanto são inesgotáveis;
  • Promoção da recuperação e restauração de habitats da vida selvagem;
  • Aumento de campanhas e programas dedicados ao que seria a reciclagem;
  • Tomada de medidas para manter a poluição do ar e do ruído sob controle;
  • Uso de produtos que respeitem o meio ambiente natural.

Preservação

A preservação da água

Como recurso natural, a água é essencial para preservar a vida de todos os seres vivos do planeta. Ela ocupa um papel fundamental, uma vez que a encontramos em 70% do planeta. Todos os seres vivos precisam de alguma forma desse líquido para sobreviver. Tanto por isso que a preservação da água se faz essencial.

Animais e plantas usam a água para a necessidade mais básica e mais complexa também. Já o ser humano a utiliza para a maioria das atividades que são apresentadas em seu ambiente diário:

  • Alimentação;
  • Banho;
  • Cozimento;
  • Lavagem de roupas;
  • Entre outras.

Essa importância transcendental nos obriga a cuidar da água. Embora nosso planeta seja formado em uma grande proporção por tal líquido, isso não nos exime de uma escassez repentina.

A preservação da natureza

A preocupação com a preservação da natureza já é evidente na maioria das sociedades, tanto nas esferas política quanto social. Foi necessário manifestar toda uma série de sinais de alerta, como:

  • A degradação de rios e mares;
  • A doença de milhares de hectares de florestas;
  • As mudanças climáticas;
  • A desertificação de grandes áreas;
  • A ameaça de escassez de alimentos.

Preservação

Tudo isso contribuiu para que a humanidade começasse a tomar consciência dos riscos envolvidos na quebra do equilíbrio ecológico.

A conservação da natureza em suas diferentes formas tem sido praticada pelo homem há milênios. As primeiras comunidades agrícolas mantiveram as sementes para posterior semeadura.

Os senhores feudais cuidavam da conservação de suas florestas para garantir uma boa caça. E ninguém precisa dizer a um fazendeiro que ele não deve cortar árvores frutíferas para fazer lenha.

A população humana se comportou assim quando ainda não havia superado uma determinada dimensão e quando a riqueza da Terra ainda parecia inesgotável.

Em contraste com o acima exposto, as técnicas de conservação dos recursos naturais e sua ciência são datadas de pouco tempo. Surgiram mudanças tecnológicas que aceleraram o crescimento populacional com suas inevitáveis ​​consequências do aumento da pressão sobre o ambiente natural.

Tivemos que chegar ao momento atual para perceber as consequências da perda de tantos recursos. A falta de preservação é algo que está transformando quase tudo no mundo em uma espécie ameaçada.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo