Solo calcário é aquele que contém grande quantidade de cálcio ou cal

Inicio » Meio Ambiente » Solo calcário é aquele que contém grande quantidade de cálcio ou cal
23/03/2020 Por
Solo calcário é aquele que contém grande quantidade de cálcio ou cal

Solo calcário é típico de regiões desérticas

Uma promessa para ajudar na produção agrícola é o solo calcário. Esse tipo de solo pode trazer benefícios aos profissionais que talvez outros solos não consigam suprir. Além disso, é um tipo de material que não é considerado tóxico, o que auxilia na sua utilização com maior tranquilidade e sem necessidade de cuidados máximos como quando há contato com outras substâncias.

Justamente por isso, o solo calcário pode ser colocado em ambientes agrícolas que possuam animais, por exemplo, pois não haverá agressão ou qualquer tipo de perigo a eles. Também é válido usar o calcário no solo para notar os diferenciais que ele agrega, o que é uma experimentação que muitos profissionais realizam com êxito.

Solo calcário

O que é solo calcário?

Solo calcário é derivado, como o nome diz, do calcário, que é uma rocha que contém minerais acima de 30%. Recentemente, descobriu-se que esse solo traz grandes benefícios para o solo agrícola e, dessa forma, sua popularidade aumentou muito.

Afinal, a grande maioria dos solos em território brasileiro possui um alto nível de acidez. Isso prejudica e muitas vezes impede o desenvolvimento de qualquer empreendimento agrícola que seja necessário realizar.

Após descobrir o que é solo calcário e conhecer a importância que ele tem para melhorar a produção agrícola, se torna muito mais necessário usar o calcário para corrigir o solo.

Solo calcário

Muitas pessoas se perguntam para que serve o solo calcário. A verdade é que solo calcário no Brasil é extremamente utilizado para fins agrícolas, uma vez que produz uma neutralização da acidez.

Uma das maiores características do solo calcário é que, ao mesmo tempo que ele corrige a acidez, ele também fornece cálcio e magnésio.

Assim, é possível fazer com que plantas cresçam com muito mais facilidade, já que o cálcio e o magnésio são extremamente importantes para dar força ao crescimento. Isso significa que, ao aplicar o calcário, é possível notar uma potência muito maior no efeito de fertilizantes.

Tipos de solo calcário

Além de trazer benefícios como maior produtividade, diminuição de tóxicos, entre outros, para ter uma ideia de como é o solo calcário, é possível observar dois tipos de solo calcário. São eles:

  • Calcário calcítico;
  • Calcário dolomítico.

O calcário calcítico consiste em uma concentração maior de óxido de cálcio. Além disso, ele também promove um teor menor de magnésio. A sua aplicação deve ser feita em solos que estão realmente muito deficientes de cálcio.

Já o calcário dolomítico, por sua vez, possui maior concentração de cálcio e magnésio. Logo, ele é o mais indicado para corrigir solos que possuem uma deficiência maior de magnésio e cálcio.

Após descobrir quais são os tipos de solo de calcário que mais ajudam na agricultura, é possível encontrar outros tipos de solo além do calcário, como:

  • Humoso;
  • Argiloso;
  • Arenoso.

Solo calcário

Calagem

Com a calagem, que é o ato de implementar o calcário para diminuir a acidez, é possível neutralizar componentes como o alumínio, que é extremamente tóxico para plantas e demais produtos que ali estão.

Como dito anteriormente, o chão brasileiro é muito ácido, logo, é necessário fazer o uso de calcário para reduzir componentes muito ácidos e permitir que o profissional tenha sucesso no plantio do produto.

Além disso, a calagem traz benefícios como:

  • Aumento do fósforo;
  • Redução de alumínio;
  • Maior matéria orgânica;
  • Reduz a compactação.

Além de todos esses benefícios, o calcário aumenta muito a produtividade do solo em que se encontra.

Como fazer a calagem com o solo calcário?

Não é tão difícil quanto se imagina fazer a calagem. Basta, apenas, seguir com atenção as instruções e tudo tende a dar certo.

Primeiramente, é preciso coletar as amostras. Essa colheita deve ser feita após a colheita do verão, na primeira etapa. Na segunda etapa, precisa ser feito antes do preparo do chão e após o fim das chuvas.

Logo após, é preciso definir qual o tipo de calcário que será colocado. É preciso ver o que está havendo, se as plantas crescem ou não e, dessa forma, decidir qual será o melhor produto. Além disso, também é preciso definir qual a dose de calcário.

Assim, depois de todos os dados coletados, é preciso comprar o calcário. Para isso, é sempre indicado calcular com atenção se vale a perna comprar em lojas físicas ou através da internet, nunca esquecendo do valor do frete.

Solo calcário

Aplicação do calcário

Para aplicar o calcário e chegar, assim, ao solo calcário, é preciso que essa aplicação seja feita uns 3 meses antes do plantio. O pó do calcário deve ser distribuído e incorporado de forma uniforme, até que chegue à profundidade de 20 centímetros.

Quando se trata do cultivo tradicional, a aplicação do calcário precisa ser incorporada no solo, seguida de aração e gradagem. Porém, quando se trata do sistema de plantio direto, a correção da acidez deve ser feita por meio de somente aplicar o calcário, mas não incorporá-lo.

Justamente por isso é sempre indicado um pó de calcário bem fino, que tenha sido moído muito bem, pois facilita o efeito da calagem e também potencializa os benefícios do calcário.

É importante frisar que, em regiões que possuem períodos de chuva e seca, o prazo muda. Ou seja, nessas situações é preciso fazer a calagem antes que os períodos chuvosos encerrem, mesmo que isso signifique 5 meses antes da safra começar. Isso porque, dessa forma, haverá muito mais tempo para o calcário agir de forma benéfica.

Sistema de plantio direto

O plantio direto gera muita dúvida quanto à utilização do solo. O fato é que apenas os solos com pH menor do que 5 devem receber o procedimento de aplicação de calcário. Além disso, no momento da aplicação, é muito importante inserir a dosagem correta de uma só vez na superfície.

Caso não tenha disponibilidade para realizar a aplicação toda de uma vez, pode-se parcelá-la em 3 anos. Assim, uma quantidade x por ano será aplicada. Porém, para sentir os benefícios do solo calcário, muitas pessoas optam para que a aplicação seja feita de uma só vez. Dessa forma, os benefícios também serão sentidos com maior agilidade e eficiência.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo