Mariscos: Conheça mais sobre como funciona sua criação no Brasil

Inicio » Agronegócio » Mariscos: Conheça mais sobre como funciona sua criação no Brasil
02/02/2019 Por
Mariscos: Conheça mais sobre como funciona sua criação no Brasil

Produtores apostam na criação de mariscos como segunda fonte de renda

Frutos do mar como mariscos, peixes e crustáceos ganham espaço em um país que alimenta a cultura da carne vermelha desde sua colonização. Por isso, parte deste consumo, assim como do marisco, se deve às tradições de feriados cristãos como a Semana Santa durante a quaresma.

Apesar disso, em outras ocasiões o consumo de mariscos também é elevado no país, como à beira mar nas férias de fim de ano. Portanto, o mercado dos mariscos tem se tornado destaque no país. Santa Catarina é o estado brasileiro com liderança no ranking nacional na produção e venda deste grupo de frutos do mar.

mariscos ainda na concha

O que são mariscos?

Mariscos são frutos do mar caracterizados por sua concha. Eles se alimentam por meio da filtração da água do mar salgado e de plânctons. Os mariscos possuem gênero determinado, sendo possível identificar macho e fêmea. Sua reprodução ocorre pela liberação de espermatozoides do macho em água.

Os espermatozoides são capturados pelas fêmeas e, então, produzem ovos. A partir desses ovos nascem pequenas larvas; que se fixam em plânctons até alcançarem níveis maiores de água, onde são capazes de se desenvolver. Os mariscos são alvo de muitos predadores e, por isso, é necessário ter cuidado com a sua criação para não ter prejuízos.

Benefícios dos mariscos

A sua carne é altamente nutritiva e inclui uma série de proteínas, minerais e vitaminas. Entretanto, seu período de conservação é muito baixo por ser um alimento perecível.

Por isso, é importante se atentar na hora de comprar e certificar-se em relação ao seu cheiro, que deve ser de um pescado fresco, nunca amanhecido. No mundo agro a criação de mariscos do mar faz parte da malacocultura.

Portanto, se tornou muito procurada devido aos grandes lucros que proporciona. Além de ser uma produção relativamente simples e gerar aumento em renda familiar.

Criação de mariscos

Para que sua produção seja eficaz, é necessário se atentar a alguns detalhes antes de começar.

  1. Procure áreas com salinidade do mar em condições favoráveis: não muito salgada e de temperatura estável para produção mais farta.
  2. Após instalar as cordas em que as larvas de mariscos estão prontas para a criação, amarre redes de proteção para manter predadores longe.
  3. O processo de desenvolvimento do marisco é natural e a única função do produtor é de manter a corda bem esticada
  4. Então, para que o crescimento seja ideal é preciso espaço até que se atinga a fase adulta (em cerca de 12 meses).

mariscos utilizado em receitas brasileiras

Desvantagens para a criação de mariscos

A pesca é o maior predador das fazendas marinhas. Sendo assim, muitos pescadores começam a caçar pela região ao perceber alto índice de peixes. E o anzol pode perfurar as redes das fazendas.

A criação de mariscos também atrai muitos peixes, que fazem de sua concha uma moradia e se desenvolvem ali mesmo, se alimentando de plânctons.

Então, se atentar em alguns fatores facilita o processo de criação e contribui uma produção mais farta. Sendo assim, investir nos mariscos exige estratégia de produção para evitar perder colônias inteiras.

Agro20 | Portal Vida No Campo