Raça é termo importante para designar características animais na pecuária

Inicio » Agronegócio » Raça é termo importante para designar características animais na pecuária
28/10/2019 Por
Raça é termo importante para designar características animais na pecuária

Raça se refere à diferenciação e especificação de características de animais

Raça é um conceito empregado para definir e caracterizar categorias de espécies de seres vivos. Dessa forma, pode ser empregado para se referir a animais como cães, porcos, cavalos, bois e gatos, entre muitos outros.

Embora o termo raça, ainda hoje, seja bastante utilizado para se referir a grupos humanos; esse tipo de aplicação é considerado cada vez mais equivocado. Isso porque, apesar de teoricamente servir para facilitar o referimento a pessoas com determinadas características físicas observáveis, uma série de fatos históricos importantes fizeram com que essa definição aplicada à espécie humana se tornasse algo associado ao preconceito e ao racismo.

Raça

O que é raça?

Raça diz respeito aos critérios usados para classificar e ao mesmo tempo distinguir animais da mesma espécie quanto ao genótipo e fenótipo. O termo é proveniente do latim ratio, que significa categoria, sendo o termo também uma subcategoria da espécie.

Existem diversos tipos de raça considerados pela biologia, sendo que o fato determinante para definir a qual subespécie um animal pertence são suas características genéticas.

Biologicamente há apenas uma raça dentro da nossa espécie, homo sapiens: a humana. Isso porque a variabilidade genética é praticamente nula entre os seu exemplares e, por isso, o termo não é mais utilizado para distinguir características distintas das pessoas como já foi no passado.

Para a zoologia, no entanto, o termo é empregado para a definição de subespécies; considerando que a variação genética é ampla entre os animais e isso possibilita a diferenciação de linhagens dentro das espécies.

No mundo da agropecuária, contudo, a utilização do termo raça é extremamente importante. Isso porque é por meio do emprego desse conceito que a pecuária funciona; dividindo e buscando melhorias para exemplares específicos dentro da pecuária de corte, leiteira, avicultura e suinocultura, por exemplo.

Suínos e suas subespécies

Existem pelo menos seis principais raças de suínos no Brasil, sendo elas: canastra, canastrão, piau, caruncho, moura e nilo canastra. Confira, a seguir, as características mais marcantes de cada uma delas.

Raça

  • Canastra: tem porte médio, patas curtas e a pele escura. Seu principal uso na pecuária é voltado para a produção de banha;
  • Canastrão: destaca uma pele mais grossa e de coloração avermelhada ou preta. É ideal para reprodução e também é utilizada para a produção de banha;
  • Piau: encontrada, principalmente, nos estados de São Paulo, Goiás e Mato Grosso, destaca exemplares de portes pequeno, médio e grande;
  • Caruncho: de porte pequeno, tem a produção de gordura como principal função na pecuária suína;
  • Moura: destinada à reprodução, é uma raça que produz carne de qualidade, proveniente de estados que incluem Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná;
  • Nilo Canastra: apresenta porte médio e é indicada para produção de banha.

Além disso, há outras cinco raças de porcos estrangeiros que podem ser encontradas no país. São elas:

  • landrace
  • large white
  • duroc Jersey
  • pietrain
  • hampshire

Principais raças de gado de corte

O Brasil é um país onde a pecuária de corte é uma das mais importantes responsáveis pela economia, o que pode ser justificado pelo fato de o nosso país contar com o maior rebanho de corte em todo o mundo.

As principais raças bovinas de corte do Brasil são:

  • Nelore
    Se destaca pela alta capacidade reprodutiva, além de ter a vantagem de começar a se reproduzir com idade precoce. Ela é encontrada em todo o território nacional e corresponde a mais de 80% do rebanho do país.
  • Angus
    Originária da Europa, a carne produzida a partir deste animal é macia e saborosa; e muito conhecida e popular entre os amantes de carne vermelha e churrasco no país. Além disso, é muito fértil e também se reproduz precocemente.
  • Tabapuã
    É a única considerada um zebu brasileiro e destaca a vantagem de ser a mais precoce da espécie no que diz respeito à reprodução. Entre as suas principais características podemos citar o fato de ser dócil e fértil, além de terem grande capacidade para o ganho rápido de peso quando criadas tanto em pastos quanto confinadas.
  • Senepol
    A raça de origem africana amadurece precocemente e, por isso, tem a vantagem de poder ser abatida em idade mais jovem.
  • Hereford
    Se destaca na produção de carne bovina e é apreciada por ser saborosa, macia e com pouca gordura quando comparada a outras carnes bovinas.
  • Brahman
    Originária dos Estados Unidos, é o resultado da mistura de quatro outras raças bovinas (gir, nelore, guzerá e krishna valley). Se adaptou bem ao Brasil e é considerada entre as melhores para cruzamento e reprodução.
  • Brangus
    É bastante visada pela vantagem de ter uma grande capacidade de ganho de peso; podendo, portanto, ser abatida em pouco tempo.

Raça

Raças de gado de leite

No caso das raças de gado leiteiro, o destaque fica por conta das seguintes:

Zebu

A raça zebu é muito conhecida no Brasil devido a sua capacidade de adaptação às mais variadas condições climáticas do país. Mas também vale dizer que os animais assim categorizados são destinados ao cruzamento e também para a produção de carne.

O que diferença estes bois dos demais da sua espécie é a presença de uma corcova; que faz com que seja, inclusive, conhecido como boi de corcova. Além disso, pode ser identificado pela pigmentação mais escura da pelagem e a pele mais fina.

Criar o zebu é muito vantajoso para o pecuarista, já que ele tem um potencial reprodutivo alto, longevidade e resistência. Entre as principais raças de corte zebuínas se destacam nelore, gir, brahman, angus e curraleiro.

Raça

Cavalos mais criados no Brasil

Podemos dizer que os equinos estão entre os animais cujas raças estão entre as mais conhecidas e apreciadas em todo o mundo. Podemos citar entre as raças de cavalo consideradas mais populares, as seguintes:

Além disso, vale citar que já uma série de raças equinas bastante raras e que rendem grandes disputas entre os criadores e colecionadores de cavalos ao redor do mundo. Para se ter uma ideia do quão valiosos podem ser estes exemplares mais raros, vale citar que a raça de cavalo mais cara do mundo – chamada fusaichi pegasus – foi vendida pelo valor de US$ 70 milhões no ano de 2000.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo