Criação de avestruz exige uma série de cuidados especiais

Inicio » Pecuária » Criação de avestruz exige uma série de cuidados especiais
21/06/2019 Por
Criação de avestruz exige uma série de cuidados especiais

A avicultura é desempenhada em território brasileiro desde a chegada dos portugueses ao nosso país. Diversas aves são criadas pelos avicultores desde então. Entre elas, podemos citar o avestruz.

Apesar de ser uma ave, o avestruz concentra a maior parte de suas forças na região da perna, para dar arrancadas quando necessário. O animal se alimenta principalmente de grama, insetos e pequenos animais.

  1. O que é avestruz?
  2. Características do avestruz
  3. Curiosidades sobre o avestruz
  4. Como criar avestruz?
  5. Cuidados na criação da ave
  6. Alimentação do avestruz
  7. Reprodução do avestruz
  8. Carne de avestruz?
  9. Ovo de avestruz
  10. Qual a diferença entre avestruz e ema?
  11. Rhea
  12. Comportamento do avestruz
  13. Bicada de avestruz
  14. Qual é o preço do avestruz?
  15. Como comprar a melhor ave?
  16. Cuidados com a saúde do avestruz
  17. Comercialização do ovo
  18. Avestruz na economia

avestruz

O que é avestruz?

Avestruz é uma ave que pertence ao grupo das ratitas, também conhecido como Struthioniformes. Eles são considerados os maiores de sua classe. Apesar disso, o animal se apresenta de forma extremamente desengonçada, com pernas e pescoço longos e a cabeça consideravelmente pequena.

Características do avestruz

Apesar de serem extremamente grandes, é interessante ressaltar que existe uma diferenciação de tamanho entre avestruz macho e fêmea. Os machos são notavelmente maiores, adquirindo uma coloração preta no decorrer de suas vidas. Enquanto isso, as fêmeas são de coloração predominante cinza e menores.

Elas ainda são espécies onívoras, ou seja, se alimentam tanto de animais quanto de vegetais. Sua vida reprodutiva se inicia entre os 2 e 3 anos de vida.

Eles são ovíparos e a fêmea pode pôr entre 20 a 60 ovos por ano. O período de incubação dura entre 40 e 50 dias, dependendo de cada animal.

Curiosidades sobre o avestruz

Agora está na hora de falarmos sobre curiosidades do avestruz.  Muitas pessoas acreditam que a espécie possui o costume de enterrar a cabeça na terra quando se sente ameaçado.

Esta, inclusive, é uma ideia muito difundida na televisão, principalmente nos desenhos animados. Mas você não deve acreditar em tudo o que assiste.

A grande verdade é que essa informação não passa de mais uma fake news. Isso porque essa seria uma péssima estratégia de defesa, deixando a ave totalmente vulnerável ao ataque de um predador.

Além do mais, como citamos anteriormente, o animal é um excelente corredor. Assim, seu instinto ao se sentir ameaçado o incentivaria a correr para o mais longe possível da zona de ameaça.

Como criar avestruz?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a anatomia e comportamento desse animal tão interessante, está na hora de entender como criar um avestruz.

Para começar, é importante saber que o recomendado para a atividade comercial é possuir no mínimo dez casais da ave, com incubação de ovos.

O preço de um filhote é, em média, de 600 reais. Já o das matrizes pode chegar até 2.000 reais. Entretanto, é importante destacar que uma criação iniciada com filhotes demora cerca de 3 anos para iniciar a postura.

Já com as matrizes o retorno é imediato. Portanto, diversos criadores optam por comprar o animal adulto logo de cara, visando obter lucros de forma mais veloz.

O recomendado é observar se os avestruzes possuem aspecto saudável e livre de defeitos físicos. Para isso, você pode adquiri-los de criadores com experiência e que sejam referência no meio.

Após adquirir o animal, o segundo passo envolve iniciar a sua criação. Para isso, separamos um passo a passo para você entender como ela deve ser feita. Acompanhe:

Infraestrutura

O ideal é que para proteger os avestruzes de sol, chuva, ventos fortes ou qualquer outro fator natural que possa prejudicá-los, você desenvolva um abrigo para eles.

O recomendado é a utilização de um galpão localizado próximo a sua propriedade, com cobertura e espaço entre 20 e 25 metros quadrados no mínimo. O chão deve ser de cimento. Isso facilita a movimentação dos animais e também a limpeza do estabelecimento.

avestruz

Cuidados na criação da ave

Uma vez que essas aves não possuem paladar, eles podem comer qualquer coisa que encontrarem na proximidades, como parafusos, pregos, pedaços de madeira, pregadores de roupas e outros materiais que possam machucá-los gravemente quando ingeridos.

Assim, deve-se ter muito cuidado para manter o local de criação sempre limpo e em ordem. Alguns materiais pontiagudos podem causar perfuração digestiva, o que poderia ser fatal para a ave.

Alimentação do avestruz

Estamos falando de aves gigantescas e que demandam muita energia. Por isso eles necessitam de uma grande quantidade de alimento diário.

Assim o recomendado é que você forneça ração desintegrada até os três meses de idade e, em seguida, passe para a raça peletizada. Ela tem papel nutricional importantíssimo, já que contém entre 20 e 22% de proteína.

Ainda é interessante introduzir, aos poucos, o pasto ao animal. Entretanto, isso deve ser feito somente depois do primeiro mês de vida.

Nos três primeiros meses, a ração pode ser servida à vontade e o pasto duas vezes ao dia. Já a partir do quarto mês, use uma parte de ração para duas a três partes de pasto verde, como uma espécie de complementação.

Além disso, assim como qualquer ser humano, o avestruz precisa estar sempre muito bem hidratado. Portanto não se esqueça de sempre disponibilizar água limpa e fresca para eles.

Reprodução do avestruz

Ao completar dois anos de idade, a ave inicia a postura, que pode se estender por 20 a 30 anos. Em média, a fêmea gera de 40 a 60 ovos por ano,

Entretanto, existem aves que conseguem botar uma centena de ovos por temporada reprodutiva. Isso depende bastante da região em que elas vivem.

Os ovos de avestruz , geralmente, são gerados a cada 48 horas e, depois de colocadas de oito a dez unidades, a fêmea para por alguns dias com a intenção de se recuperar. Após esse período ela pode recomeçar a produção.

O ideal é que durante essa fase você faça um ninho na área coberta do galpão. Isso serve para que você acomode um ovo de madeira para estimular a postura do avestruz.

Ainda é importante dizer que após a coleta, os ovos precisam ser desinfetados e armazenados em ambiente limpo e com temperatura entre 18 e 20 ºC. Caso o ovo seja embrionário, leva-se de dois a três dias para a eclosão e mais duas horas para o filhote conseguir se livrar totalmente das cascas.

avestruz

Carne de avestruz

A carne do avestruz possui uma textura bastante semelhante à carne bovina. Além disso, ela possui teores de colesterol e gordura muito baixos quando comparados com as carnes das demais espécies.

Além da carne, o avestruz ainda pode fornecer outros produtos de bastante valor no mercado, como suas plumas, por exemplo. Estima-se que um animal adulto possua até 2 kg de plumas em seu corpo.

Ovo de avestruz

É fundamental falar sobre os ovos do avestruz. Eles são extremamente nutritivos e podem pesar até 2 quilos, sendo bastante valorizados no mercado.

A criação de avestruz é algo que se popularizou de grande forma no Brasil. Porém, sempre há muita dificuldade em identificar as diferenças do avestruz e ema, bem como também da rhea.

A alimentação do avestruz (ou seja, o que o avestruz come), bem como a reprodução do avestruz e demais características podem mudar de um animal para outro. Dessa maneira, identificá-los é uma ótima forma de saber qual comprar para suprir as necessidades do momento.

Além do mais, também é muito importante estar atento a esses detalhes para evitar ser enganado. Assim como existe a criação de avestruz no Brasil de forma íntegra e honesta, também existe alguns criadores que vendem um animal mais caro que o outro.

Isso geralmente é um problema que acomete com grande frequência pessoas mais leigas no assunto, que geralmente procuram o animal somente para garantir o ovo de avestruz para fazer o omelete de avestruz, seja para comércio ou consumo próprio.

Qual a diferença entre avestruz e ema?

Para entender melhor a diferença que existe entre esses animais e saber qual comprar ou criar, é muito importante conhecer algumas características deles. Afinal, isso auxiliará muito na hora de identificá-los.

  • Avestruz

Mesmo já tendo falado dele, é necessário citar mais algumas características do avestruz para que ele seja comparado com a ema e a rhea.

Primeiramente, como todos sabem, o avestruz é um animal nativo da África. A partir disso pode-se deduzir que ele é mais ágil que outros tipos de aves.

O habitat do avestruz colabora muito para sua aparência diferente das demais aves que existem no Brasil, por exemplo. Afinal, entre suas principais características, uma das que mais se destacam é o seu corpo extremamente forte e robusto.

Muitas vezes, o avestruz pode se apresentar acima do seu peso ideal, fazendo com que se torne ainda mais imponente e assuste muitas pessoas. Além do mais, outra questão curiosa é sobre suas patasm que possuem uma aparência estranha.

O motivo é por conta da sua forma fina e longa, apresentando somente dois dedos e que, ainda assim, permitem que a ave corra em velocidades de até 70 km/h.

O avestruz no Brasil é extremamente comum e está presente em fazendas, criadouros e até zoológicos do país.

Entre as curiosidades do avestruz, está o fato de seu corpo ser extremamente grande quando comparado ao seu crânio. Logo, isso cria uma impressão completamente desproporcional. Logicamente, faz com que ele se torne um animal engraçado e diferenciado.

Além do mais, o avestruz é um animal que se torna engraçado por vezes, já que é comum vê-lo atacando o cabelo de pessoas, celulares, bolsas, etc. Esse comportamento ocorre pela fome constante do animal, fazendo com que seu apetite faça-o agir por impulso para comer qualquer coisa, até mesmo pedras, literalmente.

  • Ema

A ema é um animal originário da Austrália. Sua semelhança é muito grande com o animal, que não tem essa origem do avestruz. Isso fez com que fosse apelidada de avestruz australiano. Porém, entre ambas as espécies, se torna possível encontrar diferenças muito notáveis.

Logicamente, isso se torna mais visível quando os animais são comparados e observados de perto, já que de longe podem ser considerados praticamente os mesmos. Porém, o que muda são principalmente algumas características físicas.

Quando falamos sobre a aparência da ema, por exemplo, é possível notar que ela possui um pescoço claro. Porém, o pescoço é muito mais grosso que o pescoço do avestruz. Além disso, é indispensável citar o quanto a sua cabeça e bico são pequenos, também menores que o avestruz.

Em relação às suas patas, mesmo que possuam semelhança com as patas da rhea, que também possuem três dedos, aí já se encontra mais uma diferença em relação ao avestruz.

Sua altura também é algo que deixa um pouco a desejar quando é comparada com o avestruz. Isso porque, de todas as emas encontradas, é extremamente raro encontrar alguma que exceda o tamanho de 1,80 m.

Porém, uma semelhança muito forte que possui tanto com o avestruz quanto com a rhea é em relação ao seu comportamento.

A ema é conhecida por ser um animal que adora viver em grupo. Ademais, transparece muita confiança quando está acompanhada de seu bando.

Essa característica some completamente caso a ema seja encontrada sozinha, já que apresenta muita desconfiança e medo de qualquer coisa que aparente ser um forte predador.

Rhea

A rhea é outro animal que possui uma aparência muito semelhante à do avestruz. No entanto, ela é oriunda da América do Sul e vive até hoje nessas regiões. De fato, uma das suas curiosidades é que se espalhou há alguns anos por regiões do Brasil, mas que se estendeu até a Patagônia.

Infelizmente, a caça é algo que ameaça de grande forma a sua reprodução e a sua existência. Por conta disso, torna-se um animal pouco visto e muito caçado. No Brasil, por exemplo, quase não há sinais da existência desse animal.

Assim, muitas pessoas encontram somente o avestruz e até imaginam que ele se trate de uma rhea, quando na verdade não é. De qualquer forma, atualmente a rhea está presente nos pampas argentinos. Nesse local, por exemplo, vive em grande quantidade, mas ainda sofre com caçadores.

Em relação à sua aparência, a mesma é diferente do avestruz, apesar de ter semelhanças. Nela, pode-se encontrar:

  • Asas longas e caídas;
  • Coloração cinza;
  • Bico menor que o avestruz;
  • Pernas cobertas de penas.

O  avestruz possui a cabeça bem menor que o corpo. Já a rhea possui as pernas menores que o restante do corpo. Além disso, é um animal extremamente sensível aos predadores e, por isso, prefere viver em locais onde não há uma grande quantidade de árvores.

Afinal, por conta do seu instinto, preferem identificar com maior facilidade os predadores para que possam se defender com maior facilidade e rapidez.

Uma das suas características mais presentes é que esse animal costuma viver em grupo de até 100 rheas.

É importante ressaltar que a rhea é rápida e possui uma velocidade bem semelhante à do avestruz. Logo, é difícil de ser pega, mas como não tem o hábito de atacar, se torna uma presa fácil, principalmente quando caçada com armas.

avestruz

Comportamento do avestruz

Uma das características do avestruz e que faz com que ele seja extremamente notável é o seu comportamento. Extremamente curioso, esse animal é o menos medroso entre a ema e a rhea. Por conta disso, é comum vê-lo observando outros animais e humanos.

Isso tudo faz com que seja quase uma presa fácil de alguns caçadores. Porém, uma de suas maiores vantagens é que, além de ser destemido, o avestruz também é rápido. Esses fatores colaboram muito para que esse animal não seja tão fácil de ser capturado.

Bicada de avestruz

O avestruz é uma ave que possui grande facilidade para bicar as coisas. Como dito anteriormente, esse é o motivo pelo qual enterra a sua cabeça, já que gosta de explorar e procurar coisas com seu bico e ingeri-las ou analisá-las.

Logo, já é fácil perceber o quanto esse animal possui facilidade em utilizar o seu bico. Logicamente, por ser algo instintivo, é comum que ele bique tudo aquilo que chama a sua atenção. Porém, as suas bicadas também são fortes.

Isso faz com que, dependendo de onde belisquem, possam até mesmo machucar ou causar algum hematoma no local. É comum que isso aconteça muito mais quando ele está atacando ou se sente ameaçado, já que a intenção é justamente a defesa.

No entanto, por conta do tamanho, peso e instinto que carrega, mesmo sem querer, pode causar alguns machucados que são resultados dos beliscões que o seu bico causa.

Qual é o preço do avestruz?

Um dos motivos pelos quais o avestruz é um dos animais mais procurados para venda é justamente o fato de possuir um preço que se torna lucrativo para o empreendedor, principalmente quando cria outros animais. Afinal essa é uma forma de aumentar a possibilidade de escolha do consumidor.

De qualquer maneira, essa ave é um animal grande, que tem agilidade e peso. Isso tudo faz com que seja um negócio interessante para muitas pessoas.

Em suma, o filhote pode custar aproximadamente R$ 2.000,00. Já os adultos podem possuir um valor bem acima disso. É preciso, no entanto, sempre avaliar o criador que está vendendo os animais, já que a intenção é adquirir um avestruz saudável e com as características necessárias.

Por conta disso, é muito importante desconfiar de criadouros clandestinos, sem muitas informações e que também cobram um preço muito abaixo da média. É comum, sim, encontrar alguns fornecedores que vendam o animal por um preço mais baixo. Porém, nenhum deles deve extrapolar o aceitável.

avestruz

Como comprar a melhor ave?

Se a intenção é comprar um avestruz, independente do motivo, é muito importante ter conhecimento se o local sabe como criar avestruz.

A criação de avestruz no Brasil, bem como em qualquer local, precisa ser feita com muita dedicação e respeito ao animal. Essa é a forma com que ele obterá todas as qualidades e características procuradas pelo comprador.

Em suma, o animal precisa exibir características como:

  • Penas e aparência saudável;
  • Comportamento normal e não agressivo em excesso;
  • Não aparentar machucados;
  • Estar se movendo de maneira normal.

Tais fatores tornam possível ver se o animal é bem cuidado ou não. Além disso, para quem deseja adquirir o animal, também é preciso sempre estudar muito bem sobre o ambiente em que ele está sendo adquirido.

Portanto, uma das principais dicas é sempre buscar indicações de bons locais. As indicações podem ser colhidas com veterinários, em casas de rações, fazendeiros e demais profissionais que tenham contato com animais e conhecimento sobre o assunto em geral.

Cuidados com a saúde do avestruz

Quem deseja criar avestruz precisa ter responsabilidade e consciência de oferecer uma qualidade de vida adequada ao animal. Mesmo se tratando de uma ave praticamente selvagem, é preciso sempre optar por realizar exames e contratar profissionais especializados em animais do tipo.

A intenção é que estejam livres de doenças, carrapatos e demais problemas que podem acometê-los. Mesmo que sejam aves muito fortes e destemidas, é preciso oferecer um bom produto e ter consciência da responsabilidade de cuidar do bem-estar e vida do animal.

Dessa forma, é indispensável oferecer animais sadios para todos os consumidores. Isso também pode garantir que muitos sintam-se mais confiantes no negócio e, assim, possam indicar e garantir compras fixas no local.

Comercialização do ovo

Um dos motivos pelos quais os avestruzes são criados e muito procurados por consumidores é justamente por conta do ovo de avestruz. Como promete um tamanho diferenciado, bem como um sabor e vitaminas mais fortes, é algo que desperta a curiosidade.

Além disso, é uma especialidade que faz com que muitos criadores tenham seus lucros derivados, em grande maioria, dos ovos. Portanto, não se desfazem dos animais, apenas vendem os seus ovos.  Como é considerado um alimento caro, o ovo de avestruz pode chegar a custar cerca de R$ 300,00 a unidade.

Portanto, quando comprado, pode garantir ótimos lucros para o empreendedor, já que somente um ovo custa esse valor. Em alguns casos, por exemplo, o ovo de avestruz é comprado em uma quantidade bem maior, fazendo com que seja possível ter um ótimo rendimento financeiro em somente uma venda.

Avestruz na economia

Por conta do valor dos ovos e também do animal, o avestruz é um dos animais que movimentam de grande forma a economia. Afinal, até mesmo a carne de avestruz pode ser consumida, já que, como dito anteriormente, se assemelha à carne de gado e existem várias receitas com avestruz.

Dessa forma, é um dos negócios mais lucrativos para quem, obviamente, sabe como levá-lo. Afinal, é preciso ter atenção aos mínimos detalhes e, além de investir dinheiro, também é necessário tempo e dedicação. Ainda assim, é uma ótima opção para quem tem interesse pelo assunto e procura empreender.

O avestruz é um animal divertido e que pode também ser uma ótima fonte de renda, já que sua utilidade é muito versátil e pode agradar a todos os gostos.

One Reply to “Criação de avestruz exige uma série de cuidados especiais”

  • Sheila Maria de Souza Andrade Gonçalves disse:

    Estou encantada com tudo que li. Pretendo realmente iniciar um trabalho na criação de avestruzes. Obg

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo